Conheça a história do prédio onde o filme Aquarius foi gravado

O Edifício Oceania, em Recife, é a morada da personagem Clara e um ícone dos prédios residenciais multifamiliares do século XX

03-historia-edificio-oceania-aquarius-filme

 (/)

Apesar dos nomes diferentes dentro e fora das salas de cinema, a história dos edifícios Aquarius, ponto central do filme de mesmo nome estrelado por Sônia Braga, e Oceania, a construção original, são muito parecidas. “Localizado na Avenida Boa Viagem, o Edifício Oceania representa um dos últimos remanescentes desse tipo arquitetônico de edifícios residenciais multifamiliares de meados do século XX”, Múcio Jucá, professor do departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), explica na página Prédios de Recife, no Facebook.

04-historia-edificio-oceania-aquarius-filme

 (/)

Segundo a publicação, o prédio, construído em 1958, tem uma arquitetura que se aproxima das casas tradicionais, com um formato em ‘L’ com amplo pátio interno e com um afastamento frontal que oferece um jardim do tipo residencial aos apartamentos térreos. “A configuração de térreo (recuado) mais dois pavimentos garante a horizontalidade e proporção mais próxima da residência tradicional. Outra peculiaridade é o uso de coberta em telha cerâmica, com beirais”, Jucá observa.

05-historia-edificio-oceania-aquarius-filme

 (/)

A história dos dois prédios se encontra na resistência contra as ondas da modernidade, que ameaçaram destruir a construção: “em 2003, uma construtora da cidade deu início à compra de apartamentos do edifício, e exerceu forte pressão para que outros proprietários iniciassem processo de negociação. (…) No entanto, alguns moradores – mais notoriamente Aronita Rosemblat – pensavam diferente, e resolveram resistir”, o professor explica.

02-historia-edificio-oceania-aquarius-filme

 (/)

“O pedido de tombamento foi elaborado pelo arquiteto Milton Botler em 2003, e devidamente acatado pelo então Presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE) Paulo Souto Maior”, completa.

 

Confira o trailer do filme abaixo:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s