Conheça o apartamento da empresária Daniela Couto Martins, em Londres

Próximo do Hyde Park, o apartamento é um ninho de aconchego. Mas, se der vontade de curtir a agitação, basta abrir as portas e desfrutar de momentos agradáveis na varanda.

Mineira de fala tranquila, Daniela Couto Martins, proprietária da loja Orbi Brasil, divide a vida entre sua terra natal e a Inglaterra há alguns anos. O desejo de ter um apartamento em Londres era antigo e foi concretizado somente em 2011. “Antes disso, costumava alugar imóveis em regiões diferentes da cidade para passar minhas temporadas por aqui junto com a família”, conta. Essa experiência serviu como um eficiente teste, que a ajudou na escolha do bairro onde iria fixar endereço, o South Kensington. Com uma vizinhança ilustre, perto do Museu de História Natural, do magnífico Victoria & Albert e do Hyde Park, Daniela aproveita para levar uma vida trivial e prazerosa com o marido e os dois filhos pequenos. “É muito gostoso poder andar a pé, sem precisar depender do carro para locomoção. Temos tudo por perto, jardins, cafés e lojas, mas também há o clima de bairro residencial”, diz. Pouco tempo depois da compra do imóvel, sua mãe, que era decoradora, faleceu. Então, ela não pensou duas vezes e convocou o amigo de longa data, também mineiro, Marco Aurélio Viterbo para conduzir a reforma. “Fui várias vezes a Londres até concluir o projeto”, conta o designer de interiores, que levou em conta as baixas temperaturas da cidade, predominantes na maior parte do ano, para pensar o décor. Por isso, criou um agradável jogo de texturas e elegeu cores acolhedoras. “Cobri as paredes inteiras com revestimento de fibra natural para dar aconchego. O material tem um tom de verde bem suave”, explica. No mobiliário, Daniela queria privilegiar a mistura de estilos – com muito design britânico, é claro – e que sua personalidade estivesse expressa em cada peça. “Por mais que eu goste de uma marca ou de outra, precisava ter o meu toque pessoal. Aprecio a presença de itens antigos e novos e também achados de mercados de rua”, conta a moradora, que durante um bom tempo fez um verdadeiro garimpo, acompanhada de Marco, frequentando muitas lojas e as famosas feiras de antiguidades de Londres, como a de Portobello Road e a de Pimlico. O descolado bairro de Shoreditch e leilões no interior do país também fizeram parte desse precioso roteiro de compras pelas terras britânicas.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.