Esta casa nas montanhas parece um refúgio mágico

Conhecer Cunha, na serra paulista, mudou a vida do dono desta casa. Aqui, ele encontrou paz e se delicia cuidando da horta e colhendo frutas do pé

CASACLAUDIA-casa-nas-montanhas-arquiteto-paulo-fecarotta

 (/)

Dipa di Pietro nunca tinha ouvido falar em Cunha até a volta de um feriado, mais de uma década atrás. “Um policial recomendou pegar outro caminho para chegar a São Paulo por causa de um problema na rodovia”, fala o diretor de branding, que vinha de Paraty, RJ. Foi só enxergar as montanhas pontilhadas de luzes das casas ao longe e a estradinha contornando a mata, porém, para se apaixonar pela cidade paulista de 25 mil habitantes, localizada entre as serras do Mar, da Bocaina e de Quebra-Cangalha.

Encantado, Dipa resolveu retornar ao lugar na folga seguinte – e na seguinte, na seguinte, na seguinte. Depois de conhecer todas as pousadas locais, comprou um terreno num pedaço isolado da região, no qual a natureza era a única vizinha, e fez sua encomenda ao arquiteto Paulo Fecarotta, do escritório Fecarotta & Millan: um refúgio simples, com dois quartos e um mirante para contemplar a vista. À época, nem luz elétrica havia – e ela não fazia a menor falta. “O melhor programa aqui é sentar no deque e passar horas admirando a paisagem. Fiquei viciado em silêncio”, fala Dipa. Com o passar dos anos, surgiu a vontade de aumentar a morada a fim de receber amigos e familiares. Novamente chamado, Fecarotta (com a colaboração da arquiteta Leticia Tomisawa) projetou outra construção principal e dois bangalôs para hóspedes. Generoso, o anftrião não guardou o melhor para si, mas compartilhou com os convidados: “De qualquer ponto, e até mesmo durante o banho, você enxerga o entorno arrebatador”.

casa-nas-montanhas-deque-convidativo-com-mantas

 (/)

Inicialmente, o proprietário ergueu um refúgio com ares de casinha de boneca, hoje usado como chalé para hóspedes. Depois, ampliou a sede, que ganhou este deque convidativo. Mantas e almofadas são do Empório Beraldin.

casa-nas-montanhas-dipa-com-cachorro-akita

 (/)

Dipa (no retrato, com o cão Whisper, da raça akita inu) adora passear pelo sítio logo depois do café da manhã e fazer o que chama de ronda: percorrer a horta e o pomar para conferir o crescimento das árvores, das frutas, de verduras e legumes. “Esse passeio me ajuda a perceber a passagem de meses e anos. Mesmo depois de tanto tempo, ainda me surpreendo com as alegrias que Cunha proporciona”, fala. 

casa-nas-montanhas-cozinha-com-fogao-a-lenha

 (/)

Cozinhar foi outro prazer que o proprietário descobriu aqui, onde prepara delícias no fogão a lenha. 

casa-nas-montanhas-varanda-com-rede-branca

 (/)

A mesa da varanda é o local preferido para a primeira refeição do dia. E, ainda,  para deitar na rede acompanhado de um livro.

casa-das-montanhas-estar-despojado-madeira-e-tijolos

 (/)

A sala da construção principal deixa claro o apelo rústico que o proprietário tanto queria: madeira e tijolos dominam o cenário. Os móveis são igualmente despojados. 

casa-nas-montanhas-quarto-tijolo-com-lareira

 (/)

Os dois bangalôs são superconfortáveis e repetem a mesma estrutura: um quarto com lareira – fundamental no inverno serrano – e um banheiro, revestido de ripas.

casa-nas-montanhas-banheiro-de-madeira

 (/)

O boxe se abre para um deque, a fim de que, do banho, também seja possível enxergar as montanhas ao redor. 

casa-nas-montanhas-arquiteto-paulo-fecarotta-fachada-de-tijolos-vermelhos

 (/)

O caminho de pedriscos indica aos convidados onde estão os chalés individuais. Tudo devidamente cercado de muito verde, para alegria de Dipa.

Leia também:

Casa de campo possui um chalé anexo de 24 m² com ofurô

Inspiração do dia: casa de campo toda aberta e integrada

8 acertos deste refúgio no campo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s