Fazenda histórica do século 17 é restaurada por Neza Cesar

Preservar a história da propriedade do século 17 de linhas simples com um projeto atualizado para uma família com filhos e netos que estão chegando é a razão de existir desta fazenda onde morou o bandeirante Borba Gato.

Já faz tempo, ele queria ser dono de uma casa no campo. Depois, de uma fazenda. Quando virou gente “grande”, alimentou o desejo de ter uma fazenda histórica. Antes de arrematar a Borba Gato, o proprietário visitou exatamente 40 lugares. Foram 20 dias sem descanso para olhar tudo com muita calma e decidir. A escolhida foi a primeira e também a última propriedade a ser vista. Estava em péssimas condições, mas a intuição indicou aquele lugar. “Era como uma pessoa abandonada, senti vontade de cuidar”, diz o empresário.

Conheça a história da fazenda

 

Tudo estava tão deteriorado que seriam necessários muitos anos para a reconstrução de paredes, vegetação, restauro de móveis antigos e as próprias lendas que permeiam a construção histórica, que data de 1675. Nessa época, as expedições de bandeirantes esquadrinhavam cada centímetro do solo brasileiro em busca de ouro, pedras preciosas e “peças” (índios). As fazendas serviam de pouso para esses aventureiros. Um deles, Manuel de Borba Gato (1649-1718) morou ali e há fortes indícios de que foi proprietário. Com a escritura em mãos, o empresário deu início a uma honrosa reconstituição arquitetônica.

Como foi a reforma desta fazenda

 

O projeto da decoração de interiores foi encomendado à profissional Neza Cesar, escolhida por seu talento natural em misturar cores que ninguém acredita que possam conviver juntas e também por seu olhar especial para garimpar móveis e tecidos. “O grande charme da fazenda é a possibilidade de usar peças antiguinhas e não ficar artificial, porque ela é histórica”, diz Neza, que também se envolveu no redimensionamento de quartos e na criação de novas instalações, como as casas para receber os hóspedes, a sala de jogos, o haras e uma enorme varanda que acompanha a extensão do living e de onde se vê a piscina. Originalmente, a sede da casa, que tem 600 m², era um pouco desajeitada, sem muitos quartos, pouquíssimos banheiros e nenhuma cozinha. Também não existia uma varanda que permitisse admirar a beleza da propriedade. As reformas estruturais, que aconteceram ao longo de 13 anos, transformaram a construção em um local aconchegante, sem perder as características originais. Com o fim da terceira reforma, a casa principal hoje tem um living amplo com sofás e mesa de jantar, uma cozinha de 50 m²  e uma copa com fogão a lenha, quatro quartos com suítes para os filhos e as famílias e o quarto principal, com lareira e banheiro. A paleta de cores é suave, mas extremamente colorida. No living, Neza fez uma interessante fusão entre verdes, azuis e lilases, sempre contrastados com buganvílias rosadas colhidas no local. Os quartos também têm roupa de cama florida com estampa miúda e profusão de tons pastel. O capricho foi tamanho que Neza encomendou a um artesão local a confecção de réplicas de fechaduras usadas em tempos passados. “Também restaurei móveis de madeira de moradores antigos, como uma incrível marquesa de palhinha”, lembra. O trabalho dedicado de Neza, que nunca se cansa de procurar peças especiais para oferecer aos clientes, como as galinhas que trouxe da loja Mantiquira, de São Francisco Xavier, SP, também envolveu o trabalho da artista Isabelle Tuchband, que pintou o painel da capela. Como o proprietário ama o convívio com bichos, ele gasta a maior parte do tempo na Borba Gato com eles: anda a cavalo, alimenta os animais e brinca com os cachorros. Com a chegada recente da primeira neta, a vida no campo ficou ainda mais interessante. Apaixonado pela reconstrução e com a possibilidade de receber a família e os amigos sempre que consegue fugir da correria da cidade, afirma emocionado. “Cuidar de uma fazenda é o maior prazer que eu tenho na vida.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s