Loft masculino em São Paulo reúne o melhor do design internacional

Com 300 m², o loft em São Paulo ganha ares masculinos e peças de design bem escolhidas, após a reforma comandada por Tania Eustaquio

Quando entrou neste imóvel de 300 m² pela primeira vez, a arquiteta Tania Eustaquio soube que adoraria planejar sua reforma. “Reparei naquelas janelas imensas, no pé-direito duplo da sala, na fantástica iluminação natural, nos tijolos e nas tubulações aparentes e fiquei encantada. Eram muitos elementos a favor de um bom projeto”, recorda ela, contratada para transformar o loft que anteriormente abrigava uma família com quatro pessoas na moradia de um homem solteiro.

Pequenas alterações com grande impacto

 

Ciente de que o apartamento oferecia uma excelente base sobre a qual trabalhar, optou por alterações pontuais, em vez de colocar tudo abaixo e recomeçar o desenho da planta do zero. “Valorizei o que o imóvel tinha de melhor e alterei itens importantes para o dia a dia do novo morador”, revela. Entre o que decidiu manter, estão alguns dos acabamentos existentes, como os tijolos à vista das paredes e as tábuas corridas do piso, agora ebanizadas. “Quis escurecê-las porque o contraste acentua o apelo masculino da ambientação”, justifica a arquiteta, confirmando que um bom projeto resulta da atenção dispensada aos detalhes.

Convivência ou intimismo? Fique com os dois

 

“Como o espaço é generoso e dividido em dois pavimentos, busquei torná-lo convidativo tanto nos momentos em que o proprietário recebe amigos quanto nas ocasiões em que está sozinho”, conta Tania Eustaquio. Para isso, ela concentrou no térreo os locais de convívio – onde se destacam o bar e a adega para mais de mil garrafas de vinho –, e no andar de cima os ambientes íntimos, compostos de escritório e quartos. E, embora um loft seja caracterizado pela ausência de divisórias, ela usou a disposição dos móveis para compartimentar a área social, criando diferentes cenas para as salas – fator que colabora para o aconchego quando não há convidados presentes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s