Reforma em sobrado: garagem virou parte da sala

O clima deste sobrado mudou com a reforma: a ampliação da porta da frente trouxe claridade e alegria para a sala do sobrado. A garagem virou espaço para receber amigos.

reforma-sobrado-casa-pequena

 (/)

Há seis anos, quando foi comprado, o típico sobrado paulistano, em uma rua sem saída, encantou a produtora executiva Marcia Vinci. “Ele estava recém-reformado e impecável por dentro”, conta. Só uma coisa a incomodava: a porta de entrada, ao lado de uma única janela, deixava a sala escura e úmida. No fm de 2011, coube ao trio de arquitetos André Godinho, Valentina Tong e Tiago Testa resolver o problema. A fachada ganhou uma ampla porta de correr, que se abre de ponta a ponta. A garagem, por sua vez, foi desativada e deu lugar a um gostoso deque.

Toque de verde no quarto

 

A planta original do sobrado, com dois quartos, foi alterada pelo antigo morador. Uma das paredes veio abaixo para que o segundo dormitório (o da frente) se transformasse em espaço multiúso – hoje usado como sala de TV. “Embora não tenha o hábito de trazer trabalho para casa, mantenho ali um cantinho organizado para o computador”, diz Marcia. Luz natural também não falta no segundo andar. Enquanto a saleta de TV usufrui da sacada da fachada da frente, protegida por um guarda-corpo de ferro rendilhado, o quarto se abre para uma gostosa varanda sobre o quintal dos fundos.

Espaço para o que importa

 

Ao reformar a fachada de seu sobradinho, Marcia não hesitou em abrir mão da garagem para ter o sonhado deque. E escolheu um caminho interessante – na contramão da maioria dos paulistanos, que valorizam cada vez mais as garagens. “Em uma casa tão pequena, o carro ocupava quase o mesmo espaço que eu!” Agora, a moradora tem um gostoso terraço ao ar livre, com direito a canteiro e trepadeira no muro, para ler, relaxar e receber – a escada com degraus de madeira oferece assentos extras em noites de festa. O veículo? Dorme na rua.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s