Texturas e marcenaria planejada enriquecem o visual neutro deste apê

O apartamento de 110 m² combina elegância e neutralidade sem parecer careta ou sóbrio demais.

Nem só de branco vive uma decoração neutra: no projeto deste apartamento de 110 m², em São Paulo, nuances de bege, off-whites e diferentes texturas em tecidos e acabamentos mostram que é possível ser simples e elegante sem cair na monotonia.

Estilo clássico com olhar contemporâneo

 

O casamento estava marcado e eles sabiam o que queriam para o apartamento em que viveriam dali a oito meses: espaços claros e móveis neutros, que tivessem vida longa (assim como a união). Com orçamento limitado, preferiram investir na decoração a encarar uma reforma. Mantiveram os acabamentos instalados pela construtora e chamaram o arquiteto Diego Revollo para cuidar do décor. “O casal gosta do estilo clássico”, diz Diego. A essa demanda, o arquiteto deu uma resposta bem atual. Distribuiu, aqui e ali, pontos de cor, além de peças de desenho contemporâneo. “Mas sobretudo apostei nas variações de tons claros e de texturas. Isso cria um apelo sensorial, torna a atmosfera mais pessoal e acolhedora.”

O segredo está na marcenaria

 

O esforço de trazer jovialidade à decoração de inspiração clássica não se limitou aos móveis e acabamentos. “Antes de tudo, procurei atualizar o uso dos ambientes”, explica Diego. Por que ter uma sala dividida em três áreas menores – estar, jantar e TV -, se hoje o home theater faz parte do dia a dia da casa sem poluir o visual? Ou por que relegar a área de trabalho a algum canto isolado e apertado, como o corredor?

Em todas as sugestões do arquiteto, a marcenaria calculada sob medida para cada espacinho foi fundamental. Um bom exemplo é o armário em L erguido dentro da suíte do casal. “A marcenaria é a maior aliada de um projeto sem quebra-quebra, como este”, diz Diego.

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.