Tríplex tem espaços amplos, muita luz e área de lazer na cobertura

Despojado e com soluções práticas, o apartamento tríplex paulistano tem espaços amplos, muita luz e uma área de lazer na cobertura que faz as vezes de quintal.

00-triplex-tem-espacos-amplos-muita-luz-e-area-de-lazer-na-cobertura

 (/)

“Aqui tem muita janela, muito vidro. Isso dá uma leveza e uma fluidez que a gente até esquece que mora num apartamento.” As palavras da proprietária deste imóvel, na Zona Oeste de São Paulo, dão pistas do desejo do casal: viver numa morada ampla, na qual pudesse criar os dois filhos pequenos com sol, grama, piscina e quintal. O tríplex, comprado na planta, se acomodou perfeitamente a esse sonho e foi todo adaptado pela arquiteta Patricia Martinez ao modo de viver da família: revestimentos fáceis de manter, cozinha aberta para a sala e estantes para guardar os muitos livros do casal e as coleções de revistas e bebidas do marido.

Dividido em áreas social, íntima e de lazer, o apartamento incorporou ao design de interiores a arquitetura despojada do prédio onde está. “Fizemos escolhas alinhadas a esse estilo: valorizamos o cimento queimado no piso, envernizamos o concreto das paredes, usamos trilhos de iluminação e chapas metálicas no lugar de sancas de gesso”, conta Patricia Martinez. Uma das intervenções mais importantes foi feita no piso inferior, onde ficam os quartos. “O casal queria ter também um escritório nesse pavimento. Ele acabou ocupando a área na qual havia um vão de pé-direito duplo, que foi fechado para dar lugar à sala de jantar”, diz a arquiteta.

Nos fins de semana, a família se deleita nessa área do apartamento. “Pedi algumas intervenções na planta original para me sentir mais segura quando estivesse aqui com meus filhos”, conta a dona. Assim, o parapeito de vidro de 1,10 m de altura cresceu mais 26 cm e a piscina foi reposicionada junto ao muro. “A construtora e o arquiteto do prédio tiveram de autorizar as mudanças. Eles refizeram os cálculos estruturais para evitar qualquer risco de sobrecarga.” Até a cachorra Tite mereceu atenção no projeto: além de uma inclinação suave da escada para facilitar seu acesso à cobertura, ela ganhou a área gramada para favorecer as brincadeiras ao ar livre.  

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.