As tramas em cor de Lina Miranda

A designer lança a Plaid, a nova coleção de tapetes da Square Foot, que chega num mix de amarelo e vermelho

A designer lança a Plaid, a nova coleção de tapetes da Square Foot, que chega num mix de amarelo e vermelho A linha Plaid, novidade da Square Foot, traz tapetes de lã tecidos em tear rústico na Índia. As peças são vendidas por 1 mil reais, o m².

A linha Plaid, novidade da Square Foot, traz tapetes de lã tecidos em tear rústico na Índia. As peças são vendidas por 1 mil reais, o m². (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

Sobre a mesa de trabalho de Lina Miranda, no escritório de sua marca em São Paulo, ficam pincéis e potes de tinta guache, que ela usa para criar os tons e desenhos de modelos do tipo tibetano e dhurrie. Apaixonada por cores, a designer inventa tonalidades inesperadas para tingir os grafismos exclusivos das peças. A paleta muda a cada nova linha. Afinal, a cabeça de Lina anda sempre a mil, ligada em todo o processo. Não sossega até entregar os tapetes na casa dos clientes. Organizada e exigente ao máximo, ela até brinca que tem TOC.

Como surgiu a Plaid?

Imaginei a justaposição de listras e faixas em diferentes cores, que, quando se juntam, criam um novo tom. Quis fugir das estampas e pensei em texturas. A coleção foi feita na Índia com base em uma nova trama, que usa uma lã dura e porosa, além de um tear mais rústico.

De que forma você define a paleta e as estampas das coleções?

Rabisco ideias em um caderno, e elas se modificam com o tempo. Gosto de padrões repetitivos e geométricos, mas o mais importante são as cores. Também penso muito no material, pois ele tem de alcançar o efeito desejado em diversas escalas. Mesmo num tapete enorme, as
estampas precisam funcionar. Quando acabo de pintar, digitalizo tudo e envio para a fábrica.

Você sempre gostou de cor?

Sim! Adoro misturas inusitadas. Ando apaixonada pelos rosas: pastel, claro, nude. Acho lindo o rosa com o cobre.

Suas viagens para a Índia e o Nepal, onde produz, são frequentes?

Amo ir para lá. São lugares com muita tradição. Cada país tem seu tipo de tapete, seus materiais e sua técnica. Porém é muito longe. Quando vou, preciso ficar quase um mês. Na primeira vez, há 15 anos, fiz uma verdadeira imersão. Agora já consigo curtir o local e os amigos.

Tapete é…

Aconchego, colorido, acabamento.

VEJA TAMBÉM: 5 PASSOS 1 CANTINHO: Como montar 1 cantinho de leitura em 5 passos

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s