Marcelo Caruso estreia novo olhar com a madeira

Os mais recentes projetos do designer paulistano acentuam seu amadurecimento e revelam seu lado marceneiro

Os mais recentes projetos do designer paulistano Marcelo Caruso acentuam seu amadurecimento e revelam seu lado marceneiro Ao lado de Marcelo, a arandela Duna (45 cm de diâmetro), da Itens, em versão cobre. Preço sob consulta. Abaixo, a cadeira Beta (70 x 77 x 79 cm, 3 mil reais) une freijó maciço e camurça. Na mão do designer, a base do relógio Alice (40 cm de diâmetro, 500 reais) exibe uma marchetaria de pau-ferro. À direita, a cadeira Andorinha (40 x 40 x 75 cm, 1,6 mil reais), de freijó, é a primeira peça da linha de marcenaria do designer. O móvel exibe o tradicional “rabo de andorinha”, um encaixe dentado, sem o uso de pregos e parafusos.

Ao lado de Marcelo, a arandela Duna (45 cm de diâmetro), da Itens, em versão cobre. Preço sob consulta. Abaixo, a cadeira Beta (70 x 77 x 79 cm, 3 mil reais) une freijó maciço e camurça. Na mão do designer, a base do relógio Alice (40 cm de diâmetro, 500 reais) exibe uma marchetaria de pau-ferro. À direita, a cadeira Andorinha (40 x 40 x 75 cm, 1,6 mil reais), de freijó, é a primeira peça da linha de marcenaria do designer. O móvel exibe o tradicional “rabo de andorinha”, um encaixe dentado, sem o uso de pregos e parafusos. (Christian Maldonado/Revista CASA CLAUDIA)

Um apaixonado pelo design modernista brasileiro, o paulistano Marcelo Caruso, de apenas 25 anos, explora essas referências em suas novas peças. Veja o que ele nos contou.

Quais matérias-primas atraem e desafiam você?

Primeiro, a madeira, e por duas razões: a beleza natural e o comportamento diferente de cada espécie no design. É um material que exige conhecimento e não aceita padrões preestabelecidos. A imbuia é a mais versátil – e espalha um cheiro delicioso. Já os metais são maleáveis, mas pedem um repertório de moldes e ferramentas.

Como surgem seus desenhos?

Sou muito observador e guardo na memória formas, texturas, aromas. No momento da criação, esses elementos vão se conectando. Foi assim com cada uma dessas peças.

VEJA TAMBÉM: 5 PASSOS 1 CANTINHO: Como montar 1 cantinho de leitura em 5 passos

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s