Este jardim é uma verdadeira aquarela natural

Rosa, vermelho, branco, laranja, amarelo, roxo, verde e até azul: os mais variados tons colorem este espaço, onde também não faltam áreas para relaxar

Rosa, vermelho, branco, laranja, amarelo, roxo, verde e até azul: os mais variados tons colorem este espaço, onde também não faltam áreas para relaxar Agapantos foram plantados aos pés das palmeiras-imperiais.

Agapantos foram plantados aos pés das palmeiras-imperiais. (Cacá Bratke/Revista CASA CLAUDIA)

Perfumado, exuberante, sem uma organização rígida e com as mais variadas cores. Assim deveria ser o jardim desta casa de fim de semana erguida num condomínio em Bragança Paulista, cidade nos arredores de São Paulo.

Rosa, vermelho, branco, laranja, amarelo, roxo, verde e até azul: os mais variados tons colorem este espaço, onde também não faltam áreas para relaxar No lado esquerdo do caminho, o canteiro é de éricas e, no direito, de evólvulos. À direita, o jasmim-manga floresce do inverno à primavera perto dos quartos, garantindo privacidade à área íntima.

No lado esquerdo do caminho, o canteiro é de éricas e, no direito, de evólvulos. À direita, o jasmim-manga floresce do inverno à primavera perto dos quartos, garantindo privacidade à área íntima. (Cacá Bratke/Revista CASA CLAUDIA)

Depois de um ano e meio de trabalho, as imagens destas páginas deixam claro que todos os desejos da proprietária se tornaram realidade. Isso porque quase 10 mil metros quadrados de terreno (dos 12 mil m² totais) foram ocupados por elementos naturais: água, pedras, folhagens, flores e árvores.

Rosa, vermelho, branco, laranja, amarelo, roxo, verde e até azul: os mais variados tons colorem este espaço, onde também não faltam áreas para relaxar A jabuticabeira faz sombra junto ao pergolado.

A jabuticabeira faz sombra junto ao pergolado. (Cacá Bratke/Revista CASA CLAUDIA)

“A moradora viveu sua infância num lugar onde a natureza era muito presente, e esse cenário traz boas memórias”, conta a paisagista Cristina Araújo, a quem coube planejar a área externa (o projeto de arquitetura e interiores leva a assinatura de Aline Cobra).

Rosa, vermelho, branco, laranja, amarelo, roxo, verde e até azul: os mais variados tons colorem este espaço, onde também não faltam áreas para relaxar O caminho com piso de arenito e grama-preta leva aos quartos. À direita, roseiras se destacam junto às palmeiras-carpentaria.

O caminho com piso de arenito e grama-preta leva aos quartos. À direita, roseiras se destacam junto às palmeiras-carpentaria. (Cacá Bratke/Revista CASA CLAUDIA)

Inspirada pelo trabalho do mestre Roberto Burle Marx, Cristina distribuiu as plantas seguindo linhas sinuosas e apostou numa grande diversidade de espécies (são mais de 150!), o que garante floradas constantes e uma paisagem diferente a cada estação.

Rosa, vermelho, branco, laranja, amarelo, roxo, verde e até azul: os mais variados tons colorem este espaço, onde também não faltam áreas para relaxar Há vários pergolados na área externa, como este, coberto pela trepadeira congeia.

Há vários pergolados na área externa, como este, coberto pela trepadeira congeia. (Cacá Bratke/Revista CASA CLAUDIA)

Os caminhos com piso de arenito ladeados por grama são outro detalhe importante. “Esses percursos foram pensados para os momentos de passeio e também ligam a casa principal a outras construções, como a capela e o spa, de uma forma bonita”, completa a profissional.

Rosa, vermelho, branco, laranja, amarelo, roxo, verde e até azul: os mais variados tons colorem este espaço, onde também não faltam áreas para relaxar Neste trecho, Cristina desenhou um círculo usando paralelepípedos e grama-esmeralda. No centro, está a lantana-rasteira, que se torna florida entre a primavera e o outono.

Neste trecho, Cristina desenhou um círculo usando paralelepípedos e grama-esmeralda. No centro, está a lantana-rasteira, que se torna florida entre a primavera e o outono. (Cacá Bratke/Revista CASA CLAUDIA)

Veja também: Varandas de um novo ângulo

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s