Quarto com tons de caramelo e piscina privativa

No hotel Emiliano, em São Paulo, esta suíte conta com mordomo e peças de design brasileiro

A suíte concentra a ala íntima no mezanino. Embora olhar para fora seja um desejo comum por aqui, cortinas blecaute garantem privacidade total quando necessário.

A suíte concentra a ala íntima no mezanino. Embora olhar para fora seja um desejo comum por aqui, cortinas blecaute garantem privacidade total quando necessário. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

O skyline da cidade é um dos maiores atrativos da Suíte Cubo, destaque no hotel Emiliano, localizado na badalada Oscar Freire.

Esta estrutura de aço e vidro deixa a luz natural entrar e mantém a cidade sempre ao alcance dos olhos – o que se torna um tempero a mais para as refeições, servidas na mesa de mármore.

Esta estrutura de aço e vidro deixa a luz natural entrar e mantém a cidade sempre ao alcance dos olhos – o que se torna um tempero a mais para as refeições, servidas na mesa de mármore. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

Mas há outros luxos à disposição, como mordomo e piscina privativa aquecida.

A piscina, o living, a sala de jantar, a copa e um pequeno escritório ficam no térreo.

A piscina, o living, a sala de jantar, a copa e um pequeno escritório ficam no térreo. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

Com 135 m² – que podem chegar a 220 m² quando conectado à Suíte Executiva –, o quarto tem décor atual e destaca peças de mobiliário brasileiro, como a famosa poltrona Vermelha (em versão dourada), dos irmãos Campana.

Painéis de madeira escondem armários na sala. A poltrona Vermelha, criação de Fernando e Humberto Campana para a italiana Edra, é a protagonista do espaço.

Painéis de madeira escondem armários na sala. A poltrona Vermelha, criação de Fernando e Humberto Campana para a italiana Edra, é a protagonista do espaço. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

Para aproveitar esses mimos, o preço por dia começa em 6 550 reais.

O piso elevado setoriza a área da banheira, que também oferece vista para a paisagem urbana.

O piso elevado setoriza a área da banheira, que também oferece vista para a paisagem urbana. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s