Quarto moderno marcado pelos tons de verde

Nas paredes, na roupa de cama e no tapete, a cor adiciona profundidade e personalidade ao ambiente

Tom que representa a vontade de trazer a floresta para dentro de casa, o verde aparece aqui em diferentes versões, o que dá a sensação de movimento ao quarto. O verde Trevo de Quatro Folhas (Sherwin-Williams) cobre a parede atrás da cabeceira, o Foglia (Lukscolor), a lateral, e o Selvagem (Coral), a da porta.

O verde Trevo de Quatro Folhas (Sherwin-Williams) cobre a parede atrás da cabeceira, o Foglia (Lukscolor), a lateral, e o Selvagem (Coral), a da porta. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

Tom que representa a vontade de trazer a floresta para dentro de casa, o verde aparece aqui em diferentes versões, o que dá a sensação de movimento ao quarto. “O visual é de uma caixa
monocromática. Apesar disso, a opção por um verde-escuro na parede lateral interna alonga o ambiente e traz profundidade”, explica Elisabeth Wey, presidente do Comitê Brasileiro de Cores.

No espaço, quadros de Melanie Smith (Galeria Carbono), gaveteiro do Estúdio Rain, luminária Globo, de Marcelo Caruso (Itens), banquinho e suporte de planta da Prototype e manta de Paola Muller. Na cama (Mobly), lençóis do Mundo do Enxoval, manta da Designers Guild (Empório Beraldin) e almofadas da Codex Home. Banco Woodbench (Micasa), tapete da Botteh e piso vinílico da Tarkett.

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.