4 dicas para encontrar a moldura perfeita

Na hora de criar um mural de fotos e arte em casa, tão importante quanto o arranjo é a moldura: aprenda a escolher a peça que complementa e enfatiza seus quadros

Ao organizar os quadros, não existem regras. A criatividade não só pode como deve rolar solta! Porém, antes de montá-los em arranjos de parede diferentes e estilosos, existe outra etapa para se considerar: a escolha da moldura.

Erra quem pensa que ela deve ser combinada à decoração, como a cor do sofá ou o estilo das mesas. A função da moldura é destacar e complementar a arte – portanto, é a obra que deve ser levada em conta como principal fator ao decidir o restante do quadro. Confira outras dicas para harmonizar o conjunto:

1. Simplicidade reina

06-como-pendurar-quadros-na-parede-jeito-bonito

 (/)

Às vezes, optar por uma moldura simples e discreta é a melhor escolha! Modelos tipo caixa com passe-partout em branco, por exemplo, vão bem em diferentes estilos de decoração e destacam a pintura sem se sobressair. Mas atenção: apesar de ser uma escolha quase sempre certeira, se a obra não possui branco entre seus elementos, a composição ao redor não irá valorizá-la. Neste caso, vale a pena apostar em outro tom neutro presente na pintura, fotografia ou gravura.

Modelos de madeira clara também vão super bem – os ambientes escandinavos que o digam!

Em outra matéria, as arquitetas e designers Patrícia Bomfá e Lucienne Fernandes Barreto aconselham: uma tela a óleo não precisa, necessariamente, de moldura. Você já pensou em apenas pintar a parede de uma cor que valorize a obra?

2. Atenção ao passe-partout

qual-e-o-melhor-jeito-de-dispor-quadros-na-parede1

 (/)

Você sabe o que é o passe-partout? Do francês “passar por tudo”, ele é quase outra camada de moldura com a função de proteger e enfatizar a obra. É especialmente recomendado para telas, pôsteres e gravuras pequenas — quanto menor a arte, maior pode ser o passe-partout.

O passe-partout costuma ser branco ou creme, raramente colorido. Além dos dois tons combinarem mais com uma variedade de decorações, a sutileza que possuem fazem com que não se tornem cansativos e continuem relevantes com o passar do tempo. Ele também não precisa ser da mesma cor da moldura.

3. Decidindo-se entre antiguidades e modelos atemporais

08-como-pendurar-quadros-na-parede-jeito-bonito

 (/)

Como não existe uma regra propriamente dita, escolher as molduras é uma verdadeira prova de estilo! É possível brincar com contrastes, por exemplo, emoldurando obras contemporâneas com molduras antigas e vice versa.

Por outro lado, é mais seguro alinhar as épocas: observar museus é revelador na hora de investir em arte, e eles costumam combinar as obras a molduras com os mesmos precedentes históricos.

O importante é analisar sua obra e definir o que ela pede e o que você gosta, criando um contexto harmonioso que te agrade visualmente.

4. Os detalhes fazem a diferença

casa-simples-branca-e-preta-com-arranjo-de-quadros-diferenciado

 (/)

Um erro comum é acreditar que o peso visual da moldura se dá pela sua largura – na verdade, quando bem escolhida, a moldura larga valoriza ainda mais a pintura. O que torna o conjunto realmente pesado é a cor, quando mal escolhida.

Também é importante prestar atenção no alinhamento dos cantos da moldura em relação ao passe-partout. Ele deve ser sempre de 90 graus, garantindo que a obra não encoste no vidro.

Por último, mas não menos importante: as molduras da casa não precisam ser as mesmas. A repetição faz sentido para uma série de imagens de uma mesma coleção ou artista, mas não em um mural em que as obras não estejam necessariamente conectadas. Afinal, se a moldura deve dialogar com o quadro, ela não será igual para todos eles!

Gostou? Veja também como pendurar quadros na parede de um jeito bonito, com dicas de vários arquitetos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s