Equipe de CASA CLAUDIA revela presente dos sonhos para este Natal

Qual peça de design você sonha em ganhar um dia? Confira as escolhas da redação 

Se você pudesse escolher uma peça de design assinado de presente de Natal, qual seria? Fizemos essa pergunta à equipe de CASA CLAUDIA. Confira as respostas a seguir:

Porcelana The Lover, Jaime Hayon para Lladró

1-porcelana-The-Lover

“Bom, já que a conversa é com Papai Noel, posso voltar a ser criança e escolher uma peça absolutamente sem função, que não serve para nada a não ser me deixar feliz. Não vou pensar nas cadeiras meio capengas da sala de jantar e nem nos livros amontoados na estante da sala, pedindo mais espaço. Quero a figura de porcelana The Lover, criada pelo espanhol Jaime Hayon para a Lladró. Ela faz parte da Fantasy Collection, melhor nome possível! Tem uma à venda por US$ 630 no e-bay. Será que cometo essa loucurinha?”

Lúcia Gurovitz, Redatora-Chefe

Mesa de Pebolim Pulse, Mula Preta

2-mesa-de-pebolim-pulse-mula-preta

“Conheci o trabalho do designer André Gurgel e do arquiteto Felipe Bezerra, a dupla que está por trás do Mula Preta, este ano e me apaixonei. Para este Natal, escolheria de presente a mesa de pebolim Pulse. Além de ser um peça extremamente elegante, ela traz uma proposta de diversão.”

Aline Gomiero, Editora Digital

Luminária Bake Me a Cake, Morten & Jonas

3-Bake-Me-a-Cake

“Trabalhei por algum tempo em uma empresa de design escandinavo e me apaixonei pelos estilos únicos dos designers. Tanto que fica difícil escolher só uma peça – mas amo confeitaria e me encantei pela delicadeza da Bake Me a Cake. Tudo de Morten & Jonas é incrível e essa luminária é ainda mais especial, já que sua produção é feita por meio de uma ação social com presidiários noruegueses.”

Débora Fernandes, Estagiária de Texto

Luminária de Mesa Flamingo, Nika Zupanc

4-Flamingo-Nika-Zupanc

“Eu adoraria ganhar qualquer peça da designer eslovena Nika Zupanc. Ela tem um traço delicado, feminino e cheio de personalidade, que é possível ser reconhecido com facilidade. Conheci seu trabalho em Milão, na galeria Rossana Orlandi há alguns anos e, desde então, tenho acompanhado seu trabalho. Aqui, destaco a luminária de mesa Flamingo, de metal dourado e criada em 2016. Essa peça iria ficar linda no meu home office, que é bem aconchegante com decoração de tons claros.”

Nádia Simonelli, Editora Colaboradora

Bowl Chair, Lina Bo Bardi

5-bowl-chair-lina-bo-bardi

“Muitas vezes olhamos peças de design e as achamos lindas, charmosas, mas não temos certeza sobre sua funcionalidade. Quando vejo poltronas incríveis como a Barcelona de Mies Van der Rohe ou a Mole de Sergio Rodrigues, logo fico imaginando o conforto de sentar em uma delas. Há algumas semanas tive a oportunidade de experimentar o aconchego da Bowl Chair, de Lina Bo Bardi em uma exposição no SESC Pompeia, lugar que adoro na cidade e que também é um projeto da arquiteta. Pude comprovar o que a ela pretendia ao desenhar a peça: a cadeira se adapta à pessoa, não o contrário, colocando o indivíduo no centro do projeto. Se eu pudesse escolher uma peça de design para ganhar neste Natal, com certeza seria a Bowl Chair, da Lina.”

Mariana Conte, Repórter Colaboradora

Poltrona Benjamin, Sergio Rodrigues

6-poltrona-benjamin-de-sergio-rodrigues

“Eu escolheria a poltrona Benjamin, de Sergio Rodrigues. Foi essa peça que me apresentou a obra do Sergio, logo quando comecei a aventura de escrever sobre design. Mais que isso, descobri que um móvel pode esconder uma história incrível: o desenho da poltrona foi descoberto durante a organização do acervo do designer pelo Instituto Sergio Rodrigues, recebeu o nome do seu neto mais novo e, como o próprio Sergio afirmou, é uma síntese de todo seu trabalho em poltronas e cadeiras.”

Gabriela Domingues Fachin, Estagiária de Texto

“Escolhi a poltrona Benjamin, do Sergio Rodrigues, porque gosto muito do trabalho dele e também porque, particularmente, prefiro objetos mais discretos – apesar de achar lindos aqueles móveis que parecem obras de arte. Esta peça, lançada em 2014, foi criada pelo designer em homenagem ao seu neto mais novo e é feita de madeira maciça couro e espuma. A poltrona me parece bem confortável para passar várias horas lendo um bom livro e provavelmente ficaria em algum lugar de destaque em casa.”

Gabriela Sanctis, Estagiária de Texto

Cadeira Double Zero, David Adjaye

7-cadeira-Double-Zero-de-David-Adjaye

“Escolheria a cadeira Double Zero, de David Adjaye para a Moroso. Seu desenho tubular me encanta, assim como o encosto redondo que parece flutuar. Acho uma cadeira supermoderna, chique e também divertida, que teria para colocar em um canto muito especial.”

Helena Tarozzo, Repórter

Chaise Longue Rio, Oscar Niemeyer

8-Chaise-Longue-Rio-Oscar-Niemeyer

“Sou muito fã de Oscar Niemeyer e acho a Chaise Longue Rio maravilhosa: das cores e texturas às curvas e linhas. É o meu sonho de consumo!”

Mariana Bruno, Repórter Digital

“A chaise vendida na Etel Interiores, reedição da cadeira de balanço Rio, de Anna Maria e Oscar Niemeyer, projeto de 1977/78. Ela tem uma mistura que me interessa, entre o conceito antigo de cadeira de balanço e as linhas modernistas, limpas, de Niemeyer.”

Eliana Sanches, Diretora de Redação

“A peça de design que eu escolheria seria a Chaise Longue Rio, de Oscar Niemeyer. Acho o design dela maravilhoso: leve, orgânico e moderno, como tudo que o Niemeyer fazia.”

Cristina Vasconcellos, Designer

Luminária, Michel Anastassiades

9-luminária-Michael-Anastassiades

“Acabei de mudar e uma das coisas que ainda não consegui escolher para meu apartamento foi um pendente para a sala de jantar. Sonho com as luminárias do designer Michael Anastassiades, uma das minhas preferidas é essa bem minimalista, lembra um móbile.”

Olivia Canato, Produtora Visual

Poltrona Diz, Sergio Rodrigues

10-poltrona-diz-sergio-rodrigues

“Eu adoraria ganhar uma poltrona Diz, do Sergio Rodrigues, um nome que consagrou o design nacional. A Diz, de 2001, carrega a tradição de seu criador, mas com um toque de elegância e modernidade que são pura brasilidade. Uma combinação perfeita capaz de protagonizar qualquer decor.”

Danilo Molina, Designer

Poltrona Mole, Sergio Rodrigues

11-poltrona-mole-sergio-rodrigues

“Sem dúvida seria a poltrona Mole, do mestre Sergio Rodrigues. Além de ser linda e super confortável, a peça é ícone do design nacional.”

Tatiane Domiciano, Reporter Colaboradora

banner_gotoshop_casa

Clique e conheça a loja CASA CLAUDIA!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s