Apê ganha décor moderno com peças artesanais vindas da Amazônia

Arranjos sem excessos e uma arquitetura limpa ajudam a expor de um jeito atual os objetos artesanais produzidos na região. Confira neste ensaio inspirador!

Fotografias resgatadas por Rodrigo Bueno, do Ateliê Mata Adentro, banco de onça da tribo Mehinako, cerâmicas da Dpot Objeto, tapete da Botteh e banco Mucki, de Sergio Rodrigues (Dpot), usado como mesa de centro.

Fotografias resgatadas por Rodrigo Bueno, do Ateliê Mata Adentro, banco de onça da tribo Mehinako, cerâmicas da Dpot Objeto, tapete da Botteh e banco Mucki, de Sergio Rodrigues (Dpot), usado como mesa de centro. (Marco Antonio/Revista CASA CLAUDIA)

A força do artesanato produzido na Amazônia encontra o cenário ideal neste apartamento no Edifício Pauliceia (projeto dos arquitetos Jacques Pilon e Gian Carlo Gasperini, construído em 1958). Cestos e cerâmicas com os grafismos característicos da produção indígena brasileira criam um diálogo inusitado com as estruturas de concreto, que ficaram aparentes na reforma assinada pelo arquiteto Eduardo Correia, morador do apê.

Fotografia de uma índia ianomâmi feita por Claudia Andujar. No piso, cerâmica da tribo Waurá (Depósito Kariri). O sofá Tonico, de Sergio Rodrigues, e a almofadas são da Passado Composto Século XX. Luminária da Arch.

Fotografia de uma índia ianomâmi feita por Claudia Andujar. No piso, cerâmica da tribo Waurá (Depósito Kariri). O sofá Tonico, de Sergio Rodrigues, e a almofadas são da Passado Composto Século XX. Luminária da Arch. (Marco Antonio/Revista CASA CLAUDIA)

“Sou apaixonado por esse tipo de objeto artesanal, pois ele sempre traz um pouco da energia de quem o fez. Aqui, há o encontro entre os materiais brutos do prédio e a matéria crua vinda da natureza, mas transformada pelo homem”, diz. Os ambientes, de tons neutros, mostram jeitos leves de usar as peças: de forma pontual, integradas à arquitetura e combinadas a móveis de design, como o sofá de Sergio Rodrigues e a chaise de Le Corbusier.

Cestos ianomâmis e cerâmicas da tribo Tucano, da Casa do Amazonas. Xícaras e pratos (Galeria Amazônica) trazidos de Manaus pelo arquiteto.

Cestos ianomâmis e cerâmicas da tribo Tucano, da Casa do Amazonas. Xícaras e pratos (Galeria Amazônica) trazidos de Manaus pelo arquiteto. (Marco Antonio/Revista CASA CLAUDIA)

Escultura de madeira, na parede, assinada por Heloísa Crocco e manta de palha de seda da Dpot Objeto. Chaise de Le Corbusier do acervo do morador. Tapete da By Kamy.

Escultura de madeira, na parede, assinada por Heloísa Crocco e manta de palha de seda da Dpot Objeto. Chaise de Le Corbusier do acervo do morador. Tapete da By Kamy. (Marco Antonio/Revista CASA CLAUDIA)

 

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Novo Shopping – Descubra fabricantes, designers independentes e empreendedores criativos de todos os lugares, tudo em um só lugar. https://artesanei.com.br

    Curtir