Aposte nestes móveis multiúso

Dez peças se desdobram, esticam, abrem e mudam de função. Assim, economizam espaço e permitem variar o visual da decoração

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

É pufe que vira sofá, mesa de jantar que recebe mais dois convidados, cama que cresce: estas dez peças se desdobram, esticam, abrem e mudam de função. Assim, economizam espaço e permitem variar o visual da decoração

Escolha sua mesa portátil

Com assinatura de Eduardo Campos, a Totus atende como banqueta ou revisteiro....

 (/)

A Rembrandt tem estrutura de aço inox e tampo de teca. Parte dela é solta e...

 (/)

Pés torneados e tampo com abas articuláveis, que tornam a peça mais compac...

 (/)

Um dos lados do tampo da mesa Foglia desliza e deixa à mostra o compartiment...

 (/)

Estas peças se desdobram

O chenile verde-fendi recobre a espuma (densidade 26) deste pufe, que vira so...

 (/)

Sofá Origami, com estrutura de muiracatiara, e futon de brim laranja. Os bra...

 (/)

Uma trama de junco reveste a poltrona Treccia. O sofá e o encosto de chenile...

 (/)

A cama Magie Junior acompanha o crescimento da criança – só é preciso tro...

 (/)

Mesas versáteis

A mobília da sala do designer paulista Ricardo Varuzza guarda uma surpresa: a mesa de centro (52 cm x 1,04 m, altura de 30 cm) é desdobrada e se ergue para servir as refeições. Transformado, o móvel fica com 1,04 x 1,04 m, altura de 78 cm. “É a medida que considero ideal para minha casa”, afirma. Quando recebe, sempre poucos convidados de cada vez, o morador pode ainda usar o móvel como aparador. A mesa original dos anos 1950, feita de caviúna e marfim ebanizado, veio da loja de peças vintage do designer e desempenha também outra função: oferecer apoio ao notebook.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Peças que se desdobram Sob o tampo de pau-ferro da mesa Café (1 x 1 m, altura de 75 cm), quatro abas ficam disfarçadas. Se chegam amigos para o chá, basta levantá-las, tornando-a uma peça octogonal e somando mais 43 cm de extensão a cada lado – a medida permite acomodar seis pessoas. “Gosto de móveis multiúso que se transformam de forma sutil, como este”, afirma a designer Etel Carmona, que selecionou a peça para a decoração deste canto da sala. Criada pelo arquiteto Jorge Zalszupin nos anos 1960, a mesa em base de metal fosco, pezinhos de latão e custa 9,8 mil reais na Etel Interiores. As cadeiras Astânia são da mesma loja.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Reportagem Visual: PAULO LAGRECA

Texto: JULIANA TOURRUCÔO

Fotos: LUIS GOMES

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s