Arquitetura do móvel

O mineiro Marcelo Ligieri vive uma situação privilegiada no cenário do design brasileiro. Confira os produtos!

 Diretor de arte da fábrica de móveis Doimo Brasil, localizada na Grande Belo Horizonte, ele pode acompanhar todas as etapas do desenvolvimento de seus produtos. “Eu não só desenho as peças como também participo da confecção do protótipo, gerencio o desenvolvimento na engenharia, dirijo as fotos para o catálogo, acompanho a definição de preços e opino sobre as lojas nas quais serãovendidas”, conta o arquiteto, que há 13 anos virou designer. Com cerca de 500 produtos no currículo, Marcelo festeja a conquista recente do prêmio alemão iF Product Design Award 2012 com a cadeira Smile. “Ela usa pedaços de couro descartados na fabricação de poltronas”, diz. Outro móvel marcante em sua trajetória é o banco Canoe, selecionado para o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, em 2007. “A peça traz referências da canoa. É uma bela parceria entre o artesanal e o tecnológico.

”Largura x profundidade x altura

Mudança de rota

 

O arquiteto Marcelo Ligieri cuida há mais de uma década dos produtos e da imagem da fábrica de móveis Augusta, adquirida em 2002 pelo grupo italiano Doimo.

Como você virou designer de móveis?

Trabalhava com meu pai, que também é arquiteto, e fomos chamados para fazer o projeto de ampliação da fábrica Augusta. Um dia, o dono da empresa me lançou este desafo: desenhar uma linha de mobiliário. Topei e criei mesas de centro e jantar, aparadores e sofás de estilo contemporâneo.

E você tinha experiência anterior nessa área?

Nenhuma. Fiz muita pesquisa de ergonomia, me aprofundei nas tendências internacionais, visitei várias feiras e, com isso, fui me aprimorando. Aprendi também a identifcar os desejos do consumidor brasileiro. O Nordeste prefere produtos coloridos. O Sul é mais clássico e investe em peças de madeira. Já o cliente de São Paulo compra de tudo, e o mineiro é exigente e desconfado, se informa bastante antes de consumir. E hoje, além dos brasileiros, temos compradores em quase 20 países.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s