Chic, veramente chic

Cores sóbrias e móveis em ambientes decorados revelaram a elegância de Milão. Mas as editoras da revista Casa Claudia também descobriram preciosidades curiosas como móbiles de fita plástica e uma releitura da cadeira Panton (do italiano Fabio Novembre)

O dia hoje foi de encontrar a essência da elegância italiana. As marcas Ycami, Poliform, Flexform, Molteni, Porro, Minotti e Cecotti trouxeram móveis extremamente chiques expostos em ambientes decorados. Dá para ter uma idéia de como a peça vai funcionar em uma casa, o que torna a visitação muito mais saborosa. Essas ambientações também levam a assinatura de grandes estúdios de design e arquitetura, como Lissoni e Associatti, Studio Cerri e Studio Lecca. Os estandes confirmam a preferência pelas cores sóbrias: é raro ver algo que fuja do preto, branco, cinza, bege e marrom. Outro ponto comum entre os espaços é o uso de itens de antiquário nas decorações: livros, malas, chapéus, vasos, porcelanas e luminárias, dos anos 1950 para trás, misturam-se aos móveis contemporâneos e retos, produzindo uma sensação de reconhecimento.

Para quebrar tanta sobriedade, em nosso passeio descobrimos a cadeira Her&Him, uma releitura da famosa Panton desenhada pelo irreverente designer italiano Fabio Novembre. É como se alguém se sentasse na cadeira por muito tempo e ela adquirisse o formato do corpo. Repare que há uma versão masculina e outra feminina.

Outro momento fora do padrão foi encontrar ambientações interessantes feitas de materiais muito simples. Na Citterio, uma fita plástica de fechar caixas compunha delicados móbiles.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.