Lina Bo Bardi: 100 anos

Se estivesse viva, Lina Bo Bardi completaria 100 anos em 2014. Para comemorar seu centenário, muitas exposições sobre o trabalho da arquiteta estão sendo inauguradas pelo mundo.

01-livro-e-exposicao-homenageiam-arquitetura-de-lina-bo-bardi

 (Olney Kruse/Divulgação)

Nascida Achillina Bo, em 5 de dezembro de 1914, em Roma, a arquiteta Lina Bo desembarcou no Brasil, aos 34 anos, na companhia do marido, o jornalista e marchand Pietro Maria Bardi, 14 anos mais velho, fundador e diretor do Museu de Arte de São Paulo, o Masp. De ideias próprias e avançadas para a época, Lina logo encantou a elite vanguardista da cidade com suas iniciativas: desenhou joias com pedras brasileiras, fundou o Studio de Arquitetura Arte Palma para realizar projetos de interiores e móveis modernos, lançou a revista de artes Habitat, criou o curso de Desenho Industrial no Instituto de Arte Contemporânea (IAC), vinculado ao Masp, e naturalizou-se brasileira. Tudo isso de 1946 a 1951, ano em que também projetou e construiu sua residência numa das mais altas colinas do Morumbi, até então um longínquo bairro da zona sul paulistana. Entre os projetos célebres da arquiteta, estão: o Masp (1957-1968), o Sesc Pompeia (1982), ambos em São Paulo, e a recuperação do Solar do Unhão (1963), sede do Museu de Arte Moderna da Bahia, em Salvador. Em 1992, ano de sua morte, ela trabalhava no projeto de reforma do Palácio das Indústrias, com seus colaboradores, os arquitetos André Vainer, Marcelo Ferraz e Marcelo Suzuki, para a instalação da sede da prefeitura da capital paulista. Abaixo, algumas das mostras que comemoram o centenário de Lina.

 

Maneiras de Expor: Arquitetura Expositiva de Lina Bo Bardi

Local: Museu da Casa Brasileira, São Paulo

Curadoria: Giancarlo Latorraca

Até 9 de novembro de 2014

 

A Arquitetura Política de Lina Bo Bardi

Local: SESC Pompeia, São Paulo

Curadoria: Marcelo Ferraz e André Vainer

Abertura: 8 de outubro de 2014

 

Lina Gráfica

Local: SESC Pompeia, São Paulo

Curadoria: João Bandeira e Ana Avelar

Abertura: 8 de outubro de 2014

 

O Mobiliário de Lina Bo Bardi – Tempos Pioneiros

Local: Casa de Vidro, São Paulo

Curadoria: Sergio Campos

Abertura: 18 de outubro, de quinta a domingo

 

Lina Bo Bardi e o Triângulo Mineiro

Local: Casa Paroquial da Igreja Espírito Santo do Cerrado, Uberlândia, MG

Curador Geral: Edmar de Almeida

Abertura: outubro de 2014

 

Lina Bo Bardi 100: Brazil’s Aternative Path to Modernism

Local: Pinacoteca de Arte Moderna, Munique, Alemanha

Curadoria: Andres Lepik e Simone Bader

Abertura: dezembro de 2014

 

Lina Bo Bardi born in Rome in 1914

Local: Museu Johann Jacobs, Zurique, Suíça

Curadoria: Roger Martin Buergel

Abertura: junho de 2014

 

La Architettura Politica di Lina Bo Bardi (título provisório)

Local: Galeria Nacional de Arte Moderna, Roma, Itália

Curadoria: Marcelo Ferraz, André Vainer e Alessandra Criconia

Abertura: março de 2015

 

Latin America in Construction: Architecture 1955-1980

Local: Museu de Arte Moderna de Nova York, Estados Unidos

Curadoria: Barry Bergdall, Carlos Eduardo Comas e Francisco Liernur

Abertura: março de 2015

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s