Luminárias de design com cara de peças antigas

Expoentes de nosso design brincam com o tempo em duas luminárias.

Lamparina chique: traço preciso em versão de mesa.

Adepto das formas minimalistas, o catarinense Jader Almeida buscou referências nos antigos laboratórios de alquimia para criar a Alber t, uma das 16 luminárias que o premiadíssimo designer lançou neste ano pela Sollos. “A fabricação é artesanal e em pequena escala”, conta ele. Com 30 cm de altura, a peça se constitui de uma lâmpada de filamento aparente apoiada em estrutura de cobre ou latão (foto). Neste material, sai por 1 824 reais no Arquivo Contemporâneo.

01-luminarias-de-design-com-cara-de-pecas-antigas

 (/)

Lustre inusitado: cristais combinam com bambu.

Quem mais além de Fernando e Humberto Campana misturariam matérias-primas tão díspares na produção da tradicional Baccarat? O Zénith Alvorada faz a releitura de um lustre clássico da empresa. O item número dois da série de 50 peças acaba de chegar ao showroom da marca, em São Paulo. O preço se equipara ao de um carro de luxo. “E o que deve valer mais hoje: bambu ou cristal?”, questiona Humberto.

02-luminarias-de-design-com-cara-de-pecas-antigas

 (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s