Milão 2016: descubra o melhor do Salone del Mobile na nossa seleção

Há muito para ver, e o tempo é curto! Por isso, comece a visita pelos melhores points. Nós indicamos estas atrações, que consideramos imperdíveis

Nascido no Pós-Guerra como prova da força da indústria italiana de design, o Salão do Móvel chega aos 55 anos em plena forma. A feira terá 2,3 mil expositores e espera receber 300 mil visitantes de 160 países nos pavilhões de Rho-Fieramilano. Além das grandes marcas de mobiliário, não deixe de visitar, ainda dentro do complexo, a bienal de cozinha Eurocucina e o Salão Satélite — mostra que valoriza os jovens talentos. Bom passeio!

ARTEK

artek-milao-2016-o-que-e-imperdivel-no-salone-del-mobile

 (/)

Pavilhão 20, D02/C01

A linha Kaari (foto), de Ronan e Erwan Bouroullec, ganha mesas, estantes e escrivaninhas. Já a coleção Kiki, que Ilmari Tapiovaara criou em 1960, se moderniza com os tecidos do estilista Raf Simons para a Kvadrat.

CASSINA

cassina-milao-2016-o-que-e-imperdivel-no-salone-del-mobile

 (/)

Pavilhão 20, D01/E01/E06/ F06;

Desenhada em 1935 por Gerrit T. Rietveld e produzida pela marca desde 1988, a poltrona Utrecht (foto) se veste com o tecido Boxblocks, de Bertjan Pot, no qual os triângulos da estampa jamais se repetem.

KARTELL

kartell-milao-2016-o-que-e-imperdivel-no-salone-del-mobile

 (/)

Pavilhão 20, A15/B14

Piero Lissoni apresenta a cadeira Piuma, que pesa apenas 2,2 kg. Já Eugeni Quitllet lança a Dream’Air (foto), com base geométrica e assento transparente.

MOROSO

moroso-milao-2016-o-que-e-imperdivel-no-salone-del-mobile

 (/)

Pavilhão 16, A29/B22

Serão oito coleções concebidas por parceiros habituais da grife, como Patricia Urquiola, Alfredo Häberli, Tord Boontje e Edward van Vliet. No showroom da Via Pontaccio, a mostra Spring to Mind (foto) celebra o israelense Ron Arad e seus 25 anos de colaboração com a marca.

VITRA

Pavilhão 20, D02/C01

A empresa traz os mais recentes produtos de Jasper Morrison e dos irmãos Bouroullec. Mas a grande novidade é a sua participação no Fuori Salone com a Casa Vitra, na Via Pietro Maroncelli, onde fará a instalação Colour Wheel.

DRIADE

Pavilhão 20, E05/F08

David Chipperfield revela seu conceito de living room para a marca. O arquiteto inglês e um time de designers de primeira linha assinam peças concebidas com a intenção de adicionar praticidade e estilo ao dia a dia.

LIVING DIVANI

Pavilhão 5, E19/F18

A marca investe na diversidade cultural de seus criadores. Nascido na Guatemala, Luis Arrivillaga desenhou o Ceiba (foto), um mancebo com grande presença gráfica. Feita de madeira, a peça abre e fecha, o que amplia sua versatilidade. Em outro canto do mundo, no norte da Europa, Mikael Pedersen se inspirou na paisagem de seu país, a Noruega, para criar a mesinha multifuncional Imago, que pode se transformar num confortável banquinho.

MDF ITALIA

Pavilhão 16, B19/B23/C22/C28

Direto da América Latina, a designer Lina Obregón e a estilista Carolina Galan, ambas colombianas, levam frescor e feminilidade ao salão por meio do sofá componível Thea. Assim Living Divani Zanotta como uma peça de vestuário, o móvel (com seis opções de módulos) pode incorporar acessórios — bandeja, almofadas de tamanhos variados e mantas de seda, linho ou lã combinando com o revestimento do estofado.

POLIFORM

Pavilhão 5, A11/B10

Entre as novidades da grife, conhecida pela elegância de suas peças atemporais, está a acolhedora poltrona Marlon, que o arquiteto e designer belga Vincent Van Duysen dedica a Marlon Brando. À semelhança do ator que serviu de inspiração, a peça, produzida artesanalmente, tem caráter, é clássica e não sai de moda.

ZANOTTA

Pavilhão 16, A23/B16

O designer Frank Rettenbacher apresenta duas peças baseadas no clássico banquinho Giotto (do trio De Pas, D’Urbino e Lomazzi), que completou quatro décadas no ano passado. Chamados Ivo e Ido, os móveis de feições robustas são feitos de madeira com um reforço de aço na porção inferior. Enquanto a versão mais alta, Ido, é perfeita para bares e restaurantes, o irmão menor pode ser usado como apoio para os pés e mesinha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s