Mostra de design no Rio traz peças da família Zanine

Os móveis de Zanine Caldas (1919-2001) e Zanini de Zanine são celebrados durante a IDA, feira de design-arte no Rio de Janeiro

abre-mostra-de-design-no-rio-traz-pecas-da-familia-zanine

 (/)

O pai, arquiteto autodidata, virou o símbolo do profissional preocupado com as questões ambientais e o uso racional da madeira. O filho, formado em design industrial, preserva esse legado, criando itens com material descartado em demolições. “Despertei para isso quando descobri um acervo de elementos construtivos guardado pelo Reduzino Vieira, assistente de meu pai que hoje trabalha comigo”, diz o designer. O encontro da produção de ambos acontece neste mês no evento carioca: enquanto o mobiliário de Zanine Caldas é relembrado numa exposição, 39 peças de Zanini ganham as páginas de um livro.

01-mostra-de-design-no-rio-traz-pecas-da-familia-zanine

 (/)

1. A Namoradeira é um dos itens artesanais feitos por Zanine Caldas nos anos 1970, na Bahia, para denunciar a devastação da Mata Atlântica.

02-mostra-de-design-no-rio-traz-pecas-da-familia-zanine

 (/)

2. Esta mesa de compensado da década de 1950 representa a fase na qual o arquiteto comandou a Fábrica de Móveis Artísticos Z.

03-mostra-de-design-no-rio-traz-pecas-da-familia-zanine

 (/)

3. A New, de 2013, leva a assinatura de Zanini de Zanine.

04-mostra-de-design-no-rio-traz-pecas-da-familia-zanine

 (/)

4. O livro, da Editora Olhares, mostra as peças de madeira maciça do designer. Zanini autografa no dia décima primeira edição de sua obra com tiragem limitada.

05-mostra-de-design-no-rio-traz-pecas-da-familia-zanine

 (/)

5. Outro exemplo da linha contemporânea do jovem profissional: a mesa Roda, de ipê-tabaco.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.