O artista francês Boltanski cria instalação inspirada em São Paulo

O Sesc Pompeia, em São Paulo, recebe uma grande instalação do artista francês Christian Boltanski concebida com papelão. 

s1

 (/)

 

 

“Pintor, escultor e fotógrafo, o artista multimídia Christian Boltanski produz grandes instalações, com os mais diversos materiais, que evocam a memória contida nas coisas. Em mais de 40 anos de carreira, o artista recorre a temas como individualidade, anonimato, ausência, vida e morte para conceber suas obras, que já marcaram presença em edições da Documenta, em Kassel, na Alemanha, na Park Avenue Armory, em Nova York, e na Serpentine Gallery, em Londres.

 

s2

 (/)

 

Depois de visitar a capital paulista no ano passado, ele desenvolveu a instalação 19.924.458 +/-, referência a São Paulo e ao grandioso número da população da cidade, que pode ser vista de 9 de abril a 29 de junho. São 950 torres construídas com papelão e revestidas de páginas de listas telefônicas ocupando mais de 1 000 m² no Sesc Pompeia. O movimento alternado de luzes torna-se um indicador de nascimentos e mortes ocorridos na metrópole. Segundo Marcello Dantas, curador da mostra, para Boltanski “os objetos servem de testemunho mudo do sofrimento e da experiência humana”.

 

s3

 (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s