O estúdio Nada Se Leva celebra quase dez anos de criação em Nova York

André Bastos e Guilherme Leite Ribeiro, do estúdio Nada Se Leva, se preparam para exibir suas peças em NY. Conheça a trajetória da dupla.

Do filme Do Mundo Nada Se Leva, dirigido por Frank Capra em 1938, o estúdio Nada Se Leva não carrega apenas a semelhança no nome: os criativos André Bastos, gaúcho, 50 anos, e Guilherme Leite Ribeiro, carioca, 46, têm absoluta consciência de que a vida precisa ser vivida ao extremo. “Percebemos que enxergamos o design como uma oportunidade, e isso combinava com o nosso estilo de viver”, diz Guilherme, que estudou cinema nos Estados Unidos. “As peças trabalham com a memória afetiva das pessoas”, completa André, que estudou medicina e foi proprietário de uma loja de roupas. Prestes a completar uma década de atividades, a dupla vive seu momento mais efervescente: eles acabam de lançar a linha Espuma, observam o resultado do trabalho feito em parceria com uma comunidade de 140 artesãos de Sergipe e deixam em dia o passaporte para viajar para Nova York em novembro, quando vão participar de uma exposição no Museum of Arts and Design. Combinar mundos tão diferentes é tarefa fácil para os dois. Levaram para a prestigiada loja Firma Casa as peças que a comunidade sergipana de Santa Luzia do Itanhy produziu sob orientação deles. Além da produção, que é sucesso de público e crítica, se orgulham de terem trilhado um caminho que deu início à profissionalização do mercado brasileiro. Quando foram chamados para criar uma linha de sofás para a Larco, de Santa Catarina, viram-se diante de uma oportunidade única. “Reformulamos tudo, foram mais de 300 peças”, diz André. Hoje eles prestam consultoria criativa a uma série de empresas, como a La Lampe e a Lider Interiores. “Estamos felizes por termos começado há um tempo, pois hoje a profissão de designer é respeitada”, fala André, que espera que no futuro cada empresa possa ter um designer em sua equipe. Se depender da velocidade com que a dupla leva a vida, isso não vai demorar nada para acontecer. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s