O que é lençol de fio egípcio?

Desvendamos as principais dúvidas sobre o fio egípcio - este tipo de algodão tão valorizado no mundo todo

fio egipcio

 (/)

O fio egípcio é sinônimo de qualidade em tecidos e virou febre: todo mundo quer e muita gente diz que tem lençol de fios egípcios. De fato, o algodão produzido no Egito tem características especiais que o tornam desejado nos cinco continentes. Para desvendar essas particularidades, a consultora em treinamento do Mundo do Enxoval, Karen Jorge, responde às principais dúvidas sobre o assunto:

– Qual é a origem desta “fama” do fio egípcio? Por que ele é tão valorizado?

Essa fama não existe à toa. Os egípcios produzem tecidos desde o tempo dos faraós. Alguns tecidos em linho desta época existem até hoje e podem ser vistos no Museu Metropolitan, em Nova York, em perfeito estado de conservação. Há cinco mil anos, o algodão chegou ao Egito trazido da Índia e todo o conhecimento na produção de tecidos de linho foi aplicado ao algodão. Eles se especializaram e essa tradição permanece até os dias atuais. Hoje o Egito é responsável por 40% da produção de algodão de fibras longas, extra longas, finas e extra finas no mundo.

– O que diferencia esse algodão dos demais, de outros lugares do mundo?

Além da tradição, o Egito possui características geográficas e climáticas muito favoráveis: sol intenso, poucas chuvas e solo úmido, irrigado pelas cheias do rio Nilo que nutrem o solo e criam uma condição ideal para o cultivo da planta. Além disso, o algodão egípcio é colhido à mão o que preserva as características originais da fibra como maciez e brilho excepcionais.

– Em que região do país é cultivado?

Ele é cultivado em todo o país. Porém na região do Baixo Nilo, próximo a esfinge de Gize, cultiva-se o algodão tipo Giza, que é mais branco, tem mais brilho e tem fibras extra finas e extra longas.

– O que significa ter fibras longas e finas?

Isso significa que ele tem mais resistência do que outros algodões. No processo de fiação (fabricação do fio), quanto mais longa e fina for a fibra,  mais fino e sem imperfeições será o fio.  Consequentemente, o tecido terá maior resistência, maciez e um aspecto perfeito naturalmente. Uma fibra longa, como a do algodão egípcio, mede de 3,4 a 4,8 cm, podendo chegar a 5 cm, dependendo da safra. Já a fibra do algodão cultivado no Brasil, por exemplo, mede cerca 1,2 cm.

– Em que tipo de produtos o algodão egípcio é mais empregado?

Em produtos  mais nobres, pois ele custa caro e não existe matéria prima disponível para produção em larga escala. Na produção de roupas, a camisaria é um bom exemplo, e nas roupas de cama, em lençóis feitos em ligamento acetinado, em peças que possuem resistência e toque leve e extremamente macio.

O Egito é responsável por 40% da produção de algodão de fibras longas, extra longas, finas e extra finas no mundo. Porém esses 40% correspondem somente a 3% da produção de algodão mundial, tornando-o uma matéria prima rara e escassa.

– Como um consumidor pode evitar enganos e verificar que um produto é de fato feito com o algodão egípcio? Quais características devemos procurar no tecido?

No momento da compra, o consumidor deve saber que em qualquer lugar do mundo, produtos fabricados com algodão egípcio custam caro. Marcas conceituadas compram tecidos com certificado de procedência, pois querem garantir que o seu cliente compre o verdadeiro produto.

Porém, com o beneficiamento têxtil muitas características como brilho e maciez podem ser colocadas artificialmente em um produto e por isso muitas fabricantes se valem da fama do algodão egípcio e usam como uma jogada enganosa de propaganda e vendem  a preços que para um bom conhecedor são impraticáveis. Como os órgãos reguladores têxteis não exigem um certificado de procedência na etiqueta, isso facilita a falsificação. Com o uso, contudo, o produto apresenta alguns defeitos como produção de bolinhas, perda de brilho, encolhimento e é neste momento que o consumidor percebe que foi enganado.

Por isso é importante ficar atento às características do tecido, como toque, maciez e leveza e acabamento perfeito, mas é também fundamental se certificar da credibilidade da marca.

DICAS DA SEMANA é um oferecimento Mundo do Enxoval e revista CASA CLAUDIA

Mais dicas:

 – Cuidados especiais para toalhas de praia

 – Como guardar lençóis

 – Como combinar jogo americano e caminho de mesa

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s