Organize seus sapatos: seis ideias de sapateiras

Estas ideias ajudarão você a criar área extra para armazenar seu salto alto e o tênis preferido

Capriche na organização

✓ Quer incrementar o jeito como você guarda os calçados? O arquiteto Marcelo Rosset sugere instalar prateleiras deslizantes num armário existente. “Elas permitem visualizar melhor os modelos”, diz. Consulte o marceneiro para saber se a estrutura do móvel aguenta receber as novas ferragens.

✓ Home centers são ótimos locais para encontrar organizadores que fazem render o espaço, como prateleiras aramadas, casulos de plástico ou madeira e até uma espécie de bolsa com divisórias para pendurar atrás de portas. A arquiteta Cristina Barbara indica uma caixa de tecido rígido em formato de mala, com divisões internas e tampa de plástico. “Essa peça pode ser colocada, inclusive, sob a cama”, afirma.

✓ Pares de sapato baixo podem ser armazenados no estilo macho e fêmea: com um pé virado sobre o outro (calcanhar sobre ponta), como ensinam as arquitetas Ana Rozenblit e Sabrina Salles. Assim, cabem dois no lugar de um.

Seus pares sempre limpinhos

✓ Os sapatos levam para casa a sujeira da rua. Não dá, portanto, para colocá-los no armário sem uma boa faxina antes. Além de limpar a sola com pano úmido e desinfetante, o curador da loja Stiledoc, Tadeu Nasser, ensina um truque: “Deixo o calçado arejar fora do móvel por pelo menos 24 horas, tempo necessário para tirar a umidade da palmilha”, afrma. Ele também procura manter a porta da sapateira aberta durante o dia.

✓ A fim de evitar o surgimento de odores, a arquiteta Érica Salguero dá sua receita: “Passe bicarbonato de sódio ou talco antisséptico no interior do sapato e, depois, retire o excesso com um pano seco. O processo reduz a proliferação das bactérias causadoras de mau cheiro”, conta ela.

✓ Outra ideia que Érica compartilha é instalar nos armários desumidifcadores de ar elétricos, próprios para o interior de móveis. “Esses aparelhos têm ação antimofo, o que contribui para a conservação dos calçados, aumentando sua vida útil”, explica.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s