Os bastidores de uma marca sofisticada de enxoval

No mercado há 21 anos, Adriana e Romeu Trussardi revelam os bastidores, a trajetória e os novos planos da Trousseau.

os-bastidores-de-uma-marca-sofisticada-de-enxoval

 (/)

Misturar trabalho e família pode parecer estranho para alguns, mas não para Adriana Trussardi e Romeu Trussardi Neto, que fizeram dessa uma fórmula de sucesso. Há 21 anos à frente da Trousseau, uma das principais marcas de enxoval de luxo do país, o casal se divide em duas funções: ele cuida da parte financeira, e ela, dos produtos. Tudo com muito bom humor e disposição. Pais de três, em casa é lei: nada de falar sobre trabalho. Em 1991, Romeu, filho dos antigos proprietários da indústria de enxovais que leva o sobrenome da família, decidiu abrir uma loja para vender roupas de casa das melhores marcas do mundo. Era a primeira Trousseau, na rua João Cachoeira, no bairro paulistano do Itaim Bibi. Adriana ia de casa em casa, vestindo o quarto de possíveis clientes e mostrando as coleções. Com tanto cuidado, era venda na certa. Hoje, somam-se 24 lojas em todo o país e uma virtual, que dispõem de itens para adultos e crianças feitos de tecidos de alta qualidade, roupas de cama personalizadas para hotéis, aromatizadores, amenities para spas e até linha de homewear. A marca aposta, pela segunda vez, em peças assinadas pelos irmãos Campana para a coleção de inverno 2014, prevista para o início de abril. Outra novidade, lançada em setembro, é a Trousseau Casual, extensão destinada ao público jovem, com preços mais acessíveis. Para Romeu, diferentemente de quem compra uma obra de arte ou uma cadeira para a sala, adquirir um lençol da marca é agradar a si mesmo, é ter um produto premium com história e o merecido conforto. “Nossos funcionários estão com a gente desde o começo, nossos flhos participam também. Quando se faz o que gosta, dá certo. E contagia”, acrescenta Adriana.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.