Paulo Goldstein transforma restos de materiais em design e arte

Restos de diversos materiais não passam despercebidos ao olhar atento de Paulo Goldstein e se transformam em peças únicas, misto de objeto e obra de arte

Em caçambas e outros depósitos de itens descartados começa o trabalho do paulistano Paulo Goldstein. Fragmentos de madeira e até ossos de animais já viraram móveis e objetos pelas mãos do jovem de 34 anos, que se formou em artes plásticas em São Paulo e cursou mestrado em desenho industrial em Londres. “O reúso me atrai não apenas pela questão sustentável mas também porque considero um desperdício ver tanta coisa de qualidade no lixo”, diz. Com ferramentas simples e expertise manual – despertada em brincadeiras com massinha na infância e aprimorada nos quatro anos em que trabalhou moldando bonecos para flmes de animação na Inglaterra –, Paulo concebe verdadeiras obras de arte. Não à toa, seu projeto Repair is Beautiful encantou os gringos: a Repaired Director’s Chair está na mostra What is Luxury?, em cartaz no Victoria and Albert Museum (V&A), na capital inglesa, até setembro. Neste mês, a Made a Milano (versão italiana da feira Mercado, Arte e Design, que ocorre por aqui desde 2013) também contará com uma criação do artista.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s