Peças de vidro de designer americana chegam ao Brasil

Por meio de técnicas vidreiras milenares, designer texana Alison Berger transcende o tempo, entrelaçando temas do passado em objetos de extrema contemporaneidade.

00

 (/)

Foi uma lembrança de criança, quando ela caçava pirilampos em fazendas no Texas, nos Estados Unidos, que inspirou Alison Berger a criar a luminária que fascinou Holly Hunt, dona da sofisticada marca de móveis e acessórios que leva seu nome. Ao deparar com a delicadeza do trabalho de vidro soprado, a empresária a convidou para fazer parte de seu seleto grupo de designers. São peças assim, enganosamente simples, que têm marcado a trajetória de vidreira de Alison. Apaixonada pela essência da manufatura do vidro, ela busca nas técnicas complexas utilizadas pelos primeiros artesãos dessa arte fórmulas para desenvolver móveis e luminárias. Caçadora incansável de relíquias, os motivos da maioria de suas criações também partem do passado. Dessa forma, há objetos inspirados nas pinturas renascentistas, nos escritos de Leonardo da Vinci e até em taças romana do século 4. “Adoro quando as pessoas não sabem se as minhas peças são velhas ou novas”, diverte-se. Não se trata, evidentemente, de uma simples replicação nostálgica. O que Alison faz, e o faz com maestria, é reinterpretar formas e deixá-las parecer ao mesmo tempo contemporâneas e antigas. Ela, que já colaborou com grandes escritórios, como o de Frank O. Gehry, e foi a primeira artista americana a criar uma linha de acessórios para a grife francesa Hermès, ocupa o panteão dos grandes vidreiros da atualidade. Brasileiros fãs de seu trabalho não precisarão mais ir aos Estados Unidos para adquirir suas peças. A partir de agosto, suas criações estarão disponíveis na nova loja Holly Hunt, em São Paulo. Alison vem para a inauguração e aproveita a data para dar uma palestra sobre suas inspirações e processos de fabricação no evento paulista Design Weekend.

Holly Hunt chega a São Paulo

Ao comemorar 30 anos, a conceituada marca de design e decoração Holly Hunt inicia seu plano de expansão internacional pelo Brasil. A proprietária, que empresta seu nome à empresa, escolheu São Paulo para sediar o primeiro showroom da grife fora dos Estados Unidos. “A cidade apareceu no nosso radar em 2010. Desde então, estudamos muito seu potencial. São Paulo tem uma história extraordinária de design modernista, além do mais é uma das capitais que mais se abriram nos últimos anos para as marcas de luxo. Alicerçada também nas previsões de minha astróloga, decidi que seria o lugar certo para receber a nossa loja”, conta. Para coordenar os negócios por aqui, Holly convidou o designer brasileiro Antonio da Motta Leal. A nova filial, com inauguração em agosto, tem fachada assinada pelos irmãos Campana e reforma interna desenhada pelo arquiteto venezuelano Neil Zuleta. Os 800 m² ganharam pé-direito duplo e mezanino para expor e vender cerca de 180 peças, entre luminárias, tecidos e couros.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s