Perfil do designer José Marton, um alquimista da forma

"Precisamos fabricar mais peças em série com bom desenho e boa distribuição. Design não deve ser sinônimo de exclusividade". É assim que pensa o criador da M ao Quadrado.

Os brinquedos prontos nunca seduziram o menino José Marton. “Gostava de fazer experimentos com areia, borra de café, abacate. Tinha um universo particular”, recorda-se. O ímpeto de inventar se manteve na fase adulta e ele passou a criar fórmulas nas oficinas da faculdade de artes plásticas. “Perdia horas misturando cores. Produzia 30 tonalidades de verde, 20 de amarelo, outras tantas de vermelho. Essa magia me fascinava”, diz. Levou toda essa experiência para a marcenaria Marton + Marton, que fundou com o irmão, Fernando, em 1995. Nela concebeu, em 2001, um sistema de acrílico listrado, pioneiro no país. Essa inovação rendeu, em 2006, o iF Design Award, um dos mais importantes prêmios de design do mundo, para duas luminárias da série Entrelinhas. Há dois anos, lançou a série Híbridos, que faz referência ao móvel brasileiro colonial e moderno. Em 2011, mais uma invenção: a marca M ao Quadrado, cuja premissa é o desenvolvimento de produtos de madeira em série, de bom desenho e a um custo acessível. “Elementos da geometria norteiam o processo criativo”, revela.

Leia a entrevista com o designer José Marton

05_casa_claudia_marcenaria_48

 (/)

A Marton + Marton, marcenaria de alta tecnologia em Catanduva, São Paulo, de José Marton, atua em três segmentos: design de móveis e objetos, arquitetura de lojas e exposições de arte.

Quando vocês começaram a trabalhar com acrílico? Em 2001, vi toneladas do material empilhado em um desfile de moda. Tudo seria descartado e decidi comprá-lo. Com a ajuda de um assistente, criei um sistema de acrílico listrado com padronagens exclusivas. Patenteamos a técnica no Brasil e hoje a gaúcha Allê Design desenvolve, executa e distribui os móveis e objetos, criados por mim, pelo país.

E a M ao Quadrado, como surgiu?

Meu irmão Fernando e eu detectamos a necessidade de uma marca de mobiliário que tornasse o design acessível, não só em preço mas também em pontos de venda. Existe um vácuo no Mercado para o móvel de bom desenho, fabricado em escala industrial. Queremos atingir uma geração de consumidores ávida por beleza, praticidade e design.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s