A arte silenciada de Ai Weiwei

Da opressão comunista para o mundo. As séries do artista contemporâneo mais influente dos últimos anos estão reunidas em São Paulo.

00-a-arte-silenciada-de-ai-weiwei

 (/)

Em 1993, começava uma nova fase para um artista que, desde criança, acompanhava o sofrimento do pai, o poeta Ai Qing, durante a resistência ao regime comunista chinês. Ele havia voltado de Nova York para cuidar do pai doente e na bagagem trouxe referências de Andy Warhol e Marcel Duchamp. Sua arte começou a ganhar voz ao lançar um blog que, em 2009, teve arquivos apagados e foi tirado do ar diversas vezes. Foi lá que o nome Ai Weiwei chamou a atenção do mundo pela ousadia de fotos, vídeos e esculturas que denunciavam problemas sociais, defendiam a liberdade de expressão e clamavam por democracia. Ficou preso por quase três meses e, mesmo em liberdade condicional, ignorava as restrições em prol da arte e do ativismo. Parte das criações do artista contemporâneo mais influente de 2011 e 2012, segundo a revista Art Review, compõe sua primeira mostra individual na América Latina, no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo. “Trouxemos 11 séries compostas de centenas de fotografias e vídeos do artista”, conta André Sturm, diretor executivo do MIS, que esteve no Fotomuseum Winterthur, na Suíça, para trazer a coleção. A exposição tem curadoria de Urs Stahel e ficará em cartaz até abril.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s