Bienal de Design: Desenho acessível

A quinta edição do evento pretende mostrar como criações bem planejadas podem melhorar nossa vida. Aqui, uma refexão do curador Freddy Van Camp*

01-bienal-de-design-desenho-acessivel

 (/)

Design para Todos – esse será o tema da próxima Bienal Brasileira de Design, que acontecerá de 15 de maio a 12 de julho, em Florianópolis. Por meio de exposições, workshops e seminários, queremos demonstrar que o bom desenho configura um fator básico da cultura material vigente e se destina a atender às necessidades visíveis ou não de cada indivíduo ou grupo social. Há inúmeras situações nas quais o cidadão não tem acesso livre e irrestrito a determinados itens e serviços. Tal questão se agrava especialmente se pensarmos na diversidade física e biológica e nas diferenças econômicas que compõem nossa sociedade tão desigual. Os recursos tecnológicos, ao mesmo tempo que facilitam a vida de uns, introduzem um novo componente: a dificuldade de absorção desse conhecimento por certas camadas da população. Todos, no entanto, almejam ter acesso a tudo o que nos é oferecido, havendo ou não condições para isso. Outro modelo de produto torna seu antecessor rapidamente obsoleto, somente por sua existência. E ninguém quer saber de algo ultrapassado! O design para todos se revela uma aspiração a que temos direito e um fator de qualidade de vida. Claro que podemos sentar numa rocha ou num toco. Porém, se sentarmos numa cadeira planejada para isso, nós nos sentiremos mais acolhidos. O mestre José Zanine Caldas (1919-2001) mostrou como transformar um tronco numa confortável poltrona, mesmo que ela esteja longe das verdadeiras máquinas de assento fabricadas para os escritórios contemporâneos e que vemos na bancada dos telejornais. Sentimos necessidade de suportes corretos e adequados para qualquer modo de sentar. Nesse ato, as noções de conforto e desconforto são individualizadas, fruto, em última instância, de um fenômeno cultural. No design para todos, o ser humano está no centro das preocupações, cujo único objetivo reside em melhorar nossas vidas.

*O designer industrial Freddy Van Camp substituiu em fevereiro a jornalista Adélia Borges na curadoria do evento.

02-bienal-de-design-desenho-acessivel

 (/)

03-bienal-de-design-desenho-acessivel

 (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s