Chileno Alejandro Aravena vence Prêmio Pritzker de 2016

O arquiteto é o primeiro de seu país e o quarto latino-americano a receber o prêmio

0--Alejandro-Aravena_Cristobal-Palma

 (/)

Alejandro Aravena foi anunciado o vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura de 2016. Aos 48 anos, Aravena é o primeiro arquiteto chileno e o quarto latino-americano a receber o prêmio – antes dele foram premiados o mexicano Luis Barragán (1980) e os brasileiros Oscar Niemeyer (1988) e Paulo Mendes da Rocha (2006). “Sua obra construída dá oportunidades econômicas para os menos privilegiados, atenua os efeitos de desastres naturais, reduz o consumo de energia e oferece espaços públicos acolhedores. Inovador e inspirador, ele mostra como a arquitetura em seu máximo pode melhorar a vida das pessoas“, declarou Tom Pritzker, presidente da Hyatt Foundation, instituição responsável pelo prêmio. Diretor da Bienal de Arquitetura de Veneza de 2016, que começa em maio, Aravena foi membro do júri do Pritzker de 2009 a 2015. O arquiteto também atuou como professor em instituições renomadas, como a Harvard Graduate School of Design e a Architectural Association, em Londres. Desde 2001, ele está à frente do estúdio Elemental, que foca em projetos de interesse público e impacto social — além disso, desenhou mais de 2,5 mil moradias de baixo custo. A cerimônia de entrega do Pritzker acontece dia 4 de abril, na Sede das Nações Unidas em Nova York.

Conheça alguns projetos de Alejandro Aravena:

1. Aravena foi convidado para remodelar o edifício da Escola de Arquitetura da Universidad Católica de Chile, em Santiago, onde o arquiteto se formou em 1992. A construção da década de 1990 foi envolta em um “envelope“ de chapas de zinco, o que ajudou a melhorar o desempenho energético.

1--Escola-de-Arquitetura_Martín-Bravo

 (/)

2. Centro de Inovação UC – Anacleto Angelini, no campus San Joaquín da Universidad Católica de Chile, em Santiago.

2--Centro-de-inovação_Nina-Vidic

 (/)

3. Este conjunto habitacional em Monterrey, no México, segue a proposta do Elemental de oferecer aos moradores “uma casa pela metade“: eles executam a parte mais difícil, de erguer a casa, sem acabamentos, dando aos moradores a oportunidade de completá-la.

3--Conjunto-residencial-Monterrey_Ramiro-Ramirez

 (/)

4. Chamado de Cabine do Escritor, o edifício fica em Montricher, na Suíça.

4--Writers-cabin_ 2-Architectes

 (/)

5. Depois do terremoto e tsunami que atingiram o Chile em 2010, o Elemental foi chamado para trabalhar na reconstrução de Constitución. Eles são responsáveis pelo plano diretor da cidade, além dos projetos do Centro Cultural Constitución e do passeio à beira-mar.

5--Constitución_divulgação-Elemental

 (/)

Veja também o projeto do Quinta Moroy, em Iquique, em uma seleção de seis edifícios para entender a nova arquitetura do Chile e os ganhadores das edições anteriores do Prêmio Pritzker.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s