Coleção lançada hoje homenageia o cardeal-amarelo, ameaçado de extinção

A ave inspira as estampas assinadas pela gaúcha Mariana Prestes. Outras nove espécies em situação de risco serão tema de futuras linhas da designer de superfície

Quando ainda não tinha certeza sobre que caminho seguir ao deixar o cargo de atendimento publicitário em agências, Mariana Prestes sonhou que pintava uma borboleta e a transformava em estampa. Foi, porém, o cardeal-amarelo que inspirou a primeira coleção da nova carreira, a de designer de superfície.”Mudei de área depois de conversar com a minha mãe, que explicou como as criações nesse campo podem ser aplicadas a inúmeros produtos”, fala a porto-alegrense, que além do diploma em publicidade, estudou dois anos e meio de artes plásticas.

Mariana_3

 (/)

O conselho veio de quem entende do assunto: Mariana é filha de uma jornalista especializada em decoração, Eleone Prestes, e do produtor cultural Cézar Prestes, que foi marchand de Iberê Camargo (1914-1994) e diretor do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (Margs). Crescer nesse meio, obviamente, trouxe muitas das referências artísticas que aplica em seu trabalho. “Larguei a publicidade justamente porque sentia falta de exercitar minha criatividade”, conta ela, apaixonada por desenho desde a infância.

Mariana_2

 (/)

Ao planejar sua coleção de estreia, Mariana somou mais uma paixão ao mix e resolveu retratar a fauna gaúcha. Não apenas qualquer animal, mas uma das dez espécies sob maior risco de extinção no estado em que nasceu. “Sempre quis ajudar na preservação do meio ambiente de alguma forma, e nesse tema foquei minha atuação como designer”, afirma a moça, que assim pretende chamar a atenção para o descuido com a natureza. A ave que dá nome à linha inspira aquarelas que ela pinta e depois finaliza digitalmente para compor as estampas, aplicadas, nessa primeira fase, em almofadas, panos de prato, porta-copos e jogos americanos. Já há estudos para ampliar a coleção na forma de papéis de parede e outros itens. “Quero ter sempre animais como protagonistas, enfatizando os que são tipicamente gaúchos. Dessa forma, valorizo também a minha origem.” Depois do cardeal-amarelo, a profissional pretende retratar os outros nove bichos ameaçados de desaparecer segundo o levantamento da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. 

Mariana_1

 (/)

O lançamento acontece nesta terça (15) no Instituto Ling, em Porto Alegre.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s