MAM, do Rio de Janeiro, recebe exposição de Sylvio Perlstein

Recheada de surpresas, a impressionante coleção de Sylvio Perlstein ganha exposição no MAM do Rio. Na sequência, a mostra segue para o Masp, em São Paulo, em junho.

f-cc-raras-e-inusitadas-sylvio-perinstein-mam

 (/)

O nome dele é Sylvio Perlstein. Nascido no Brasil, de família de origem belga, esse carioca se mudou aos 20 anos para Paris e lá se firmou, a partir dos anos 1950, como um grande mecenas e incentivador de jovens artistas. Frequentador assíduo de ateliês, ele era avesso ao óbvio e, na contramão das tendências, foi reunindo um acervo com raras preciosidades que traduzem um olhar inusitado sobre o panorama das artes no século 20. Parte dessa impressionante coleção recheada de surpresas recebe exposição no MAM do Rio, aberta ontem. Depois, a mostra segue para o Masp, em São Paulo, entre os dias 5 de junho e 10 de agosto. Em ambas as montagens, a concepção visual leva a assinatura da dupla Daniela Thomas e Felipe Tassara. Leonel Kaz, da Aprazível Edições e Arte, responde pela idealização do projeto, que tem a seleção de cerca de 150 obras feita em parceria com Luiz Camillo Osório e José Teixeira Coelho Netto, curadores dos museus carioca e paulistano, respectivamente. O passeio para conhecer o incrível mundo de Sylvio vai se espalhar por sete salas do MAM, propondo ao visitante uma visão ampla e integrada da produção de cada década e sua influência na seguinte. “Eu não sei exatamente como tudo começou. Há coisas que me intrigam e me perturbam”, definiu Sylvio, que tinha um único critério para suas escolhas: o faro e o calor da convivência com nomes como Miró, Picasso, Dalí e Man Ray.

“A exposição foi montada de forma a oferecer um passeio livre do olhar, uma descoberta para o visitante de como tudo o que pode ser arte e de como o que se considera arte foi mudando de forma e sentido, década a década”, explica leonel Kaz.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s