Nuno Ramos e Eduardo Climachauska inauguram exposição

Conheça a exposição dos artistas Nuno Ramos e Eduardo Climachauska que leva dois globos da morte à galeria carioca Anita Schwartz

IMG_2204_2_baixa

Nomeado “Globo da Morte de Tudo”, o novo trabalho dos artistas Eduardo Climachauska e Nuno Ramos se desenvolverá como um ritual de quebra e desaparecimento de vários objetos, colecionados nas prateleiras da instalação. Dois globos, colados um ao lado do outro, estarão conectados através de tubos a estantes cheias de objetos quebradiços – de vidro, porcelana e cerâmica. Conheça o ateliê de Nuno Ramos. 

A exposição é inaugurada no dia 13 de novembro com a coleção montada nas prateleiras das estantes, mas, em uma data a ser definida nas próximas semanas, dois motoqueiros farão sua performance dentro dos globos, sacudindo as estantes e derrubando boa parte do que estiver depositado nelas. Depois do ato, a exposição segue até fevereiro de 2013 revelando objetos quebrados, que já perderam a sua função e retornaram ao simples estado de matéria, espalhada pelo chão. 

IMG_2200_2_baixa IMG_2202_2_baixa IMG_2209_2_baixa IMG_2215_2_baixa
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s