Prêmio Planeta CASA – Vencedores 2009

Desde 2002, empresas, ONGs e profissionais ligados aos setores de decoração, construção e arquitetura são reconhecidos pelo Prêmio Planeta Casa por seu empenho em cuidar do meio ambiente.

Nesta oitava edição, muitos retornam ao concurso mais amadurecidos e já completamente identificados com a causa da natureza. O prêmio deste ano recebeu 152 inscrições, em seis categorias. Desse total, um time de primeiríssima qualidade foi escolhido pelo júri. Conheça a seguir os 18 vencedores de 2009 em Ação Social, Produtos de Decoração, Materiais de Construção, Projeto Arquitetônico, Projeto de Design de Interiores e Empreendimentos Imobiliários.

Design contra o desperdício

 

Estes cinco produtos são o resultado do casamento entre o design e a consciência ambiental. Em cada um deles, revelam-se contribuições para a diminuição do consumo de água e energia, a redução do descarte e a descoberta de materiais menos agressivos para o planeta. Resíduos industriais são recuperados e viram móvel. Fibras vegetais substituem o plástico na composição de acessórios para a casa. Formas econômicas de iluminar ambientes entram em cena e tarefas domésticas incorporam equipamentos que poupam recursos naturais.

Natureza a favor do bem-estar

 

Vem do meio ambiente quase tudo o que precisamos para viver. Mas é necessário saber extrair, observar como o uso desses recursos repercute no planeta e consumir sem exaurir. Para isso, não há receita pronta, mas alguns bons caminhos, sinalizados pela união de esforços, pela criatividade e pelo design. É o que mostram os cinco vencedores desta edição: projetos competentes, ainda em andamento ou em fase de ampliação, que apostam na aliança de comunidades com a natureza e na harmonia entre tecnologia e saberes tradicionais. Quando isso ocorre, o resultado tem nome: esperança no futuro.

Reforma e construção conscientes

 

Quem está com a casa em obras e deseja investir em produtos de menor impacto ambiental precisa saber que o mercado de construção, hoje, merece uma pesquisa aprofundada. Isso porque estão disponíveis itens que, além de fabricados de forma sustentável, continuam a ser benéficos depois da instalação, pois promovem a economia de recursos. Ao lado dos critérios preço, qualidade, beleza e durabilidade, contribuir para a preservação da natureza é um fator de decisão cada vez mais forte, levado em conta na concepção dos materiais vencedores dessa categoria.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s