Escritório da Bloomberg ganha título de mais sustentável do mundo

Localizado no coração da cidade de Londres, o edifício de escritórios, projetado por Foster+Partners, alcançou nota máxima nos certificados BREEAM e LEED

(Divulgação/Foster+Partners)

A nova sede europeia da Bloomberg, empresa de software, dados e mídia para o mercado financeiro, foi classificada como o edifício de escritórios mais sustentável do mundo. Localizada no coração da cidade de Londres, a construção, projetada pelo escritório Foster + Partners, já possui os certificados BREEAM de Excelência, e LEED Platinum. O design do prédio foi guiado pelos princípios de colaboração, inovação e produtividade O resultado é uma estrutura que enfatiza tanto o ambiente de trabalho, como o meio-ambiente.

(Divulgação/Bloomberg)

“Nós acreditamos que práticas ecologicamente amigáveis são tão boas para os negócios quanto são para o planeta. Desde o primeiro dia, nos comprometemos a ultrapassar os limites do design para escritórios sustentáveis – e criar um lugar que animasse e inspirasse nossos funcionários. As duas missões andaram lado a lado, e espero que tenhamos criado um novo patamar de como um ambiente de trabalho pode ser.”, afirma Michael R. Bloomberg, fundador da Bloomberg.

(Divulgação/Bloomberg)

Com conceito aberto, a sede, construída numa área de 102 mil metros quadrados, possui 7 pisos ao todo, que são conectados por uma ampla escada em espiral desenhada para estimular interações interpessoais. Comparado com escritórios comuns, o edifício da Bloomberg irá economizar 73% em consumo de água e 35% em consumo de energia.

Foram implantados sistemas de reutilização da água da chuva para as descargas nos banheiros, ventilação natural, e utilização de luzes de LED em todas as dependências. Essas e outras tecnologias levaram o edifício a adquirir o selo BREEAM em sustentabilidade, completando 98,5% dos requisitos, a maior nota na categoria de design já atingida.

(Divulgação/Foster+Partners)

A sede tem inauguração prevista para o final de outubro desse ano. Confira mais informações no site oficial da Bloomberg.

(Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s