Apartamento antigo no RJ ganha cara nova após reforma revigorante

Localizado no Jardim Botânico, este apartamento de 150 m² passou por uma transformação total na decoração e na arquitetura

Quadros Gam Galeria, poltrona Tetê ,de Sergio Rodrigues (Way Design), mesa de centro Velha Bahia, banquinho vermelho Finish e cortina Lutece Puro Linho

Quadros Gam Galeria, poltrona Tetê ,de Sergio Rodrigues (Way Design), mesa de centro Velha Bahia, banquinho vermelho Finish e cortina Lutece Puro Linho (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

Construído há cerca de 30 anos, este apartamento no Leblon se manteve inalterado por décadas até os moradores decidirem que, enfim, estava na hora de uma reforma. O espaço de 150 metros quadrados passou por uma transformação radical, tanto no projeto arquitetônico como na decoração de interiores.

 (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

Mesa de jantar e cadeiras Novo Ambiente, luminária pendente Ângulo, buffet e armários da Canto de Dormir

Mesa de jantar e cadeiras Novo Ambiente, luminária pendente Ângulo, buffet e armários da Canto de Dormir (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

Com dois filhos entrando na adolescência, o casal percebeu que o apartamento estava ficando pequeno para a família. Por isso, convidou a arquiteta Carmen Zaccaro para iniciar a nova fase. As obras, que duraram aproximadamente sete meses, deram uma nova cara ao apê.

 (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

Um pedido dos clientes foi fazer a casa para eles usufruírem sem cerimônia, para que o pai pudesse brincar de luta e jogar com os filhos, e para que os convidados se sentissem muito à vontade”, explica a profissional.

 (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

 (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

A reforma foi pensada para os moradores, e não para as visitas. A arquiteta seguiu à risca as solicitações e necessidades da família, utilizando cores e materiais leves, aconchegantes e práticos para o dia a dia. Na decoração, a base neutra abre margem para o uso de tons suaves e obras de arte. 

 (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

Outra preocupação dos moradores foi com a manutenção do apartamento, já que além dos filhos pequenos, dois cachorros de estimação agitam a casa. Pensando nisso, Carmen escolheu réguas de madeira Jequitibá para o piso, mais duráveis e resistentes.

Revestimento Orlean, mesinha e cabeceira Canto de Dormir, cadeira Velha Bahia, luminárias de parede Dimlux e enxoval Lutece Puro Linho

Revestimento Orlean, mesinha e cabeceira Canto de Dormir, cadeira Velha Bahia, luminárias de parede Dimlux e enxoval Lutece Puro Linho (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

Fora o sofá retrátil da sala de estar, que a cliente adquiriu antes de contratar a arquiteta, o mobiliário é todo novo, de design leve e atemporal, com alguns toques originais, como as banquetas da Finish.

 (Juliano Colodeti/MCA Estúdio/Carmen Zaccaro Arquitetura)

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s