Apê paulistano com décor que explora materiais naturais

Madeira, couro e palhinha compõem um mix que valoriza as texturas e dá sensação de aconchego aos ambientes

Apê paulistano com décor que explora materiais naturais

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

O casal de moradores deste apartamento de 110 m² no bairro do Jardins, em São Paulo, gosta de cozinhar e de receber a família e os amigos. Para facilitar o dia a dia, a arquiteta Lucia Manzano optou por integrar a sala de estar e jantar com a cozinha. “Isso também trouxe mais amplitude ao espaço”, justifica. Parte de um dormitório foi integrado à sala para acomodar o móvel da TV e deixar o ambiente mais espaçoso.

Sala de jantar com cadeiras de palhinha

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

O imóvel fica em um prédio da década de 1960 e precisou de uma grande reforma com troca total de hidráulica, elétrica e caixilhos (os originais eram de ferro e as venezianas de madeira). Mas a localização e a possibilidade de ter um apartamento amplo com janelas bem generosas, muito bem iluminado e ventilado, foram os pontos fundamentais para os moradores toparem a reforma. “Além disso o apartamento também tinha uma planta que viabilizava facilmente a integração das áreas sociais conforme eles queriam”, diz Lucia.

Apê paulistano com décor que explora materiais naturais

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

Móveis herdados deveriam fazer parte do décor, como a Poltrona Mole, que era da avó da moradora e o sofá italiano Maralunga.”O casal gosta muito de madeira e materiais naturais, assim optei por tecidos, couro e palhinha, fazendo um mix que valoriza as texturas e dá sensação de aconchego”, explica a arquiteta.

Cozinha com ladrilho hidráulico

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

Para ajudar na integração entre os ambientes, o piso em taco de madeira chega até a área da cozinha. E, somente na faixa em frente à geladeira, fogão e pia, foi adicionado ladrilho hidráulico, que ainda dá cor e movimento ao décor.

Apê paulistano com décor que explora materiais naturais

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

As paredes brancas funcionam de pano de fundo para que a profissional pudesse usar algumas cores em pontos específicos. Elas também ajudam a dissipar a luz natural que invade o espaço durante o dia. Luminárias e abajures garantem uma iluminação pontual durante a noite.

Corredor para dormitórios

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

No corredor para os dormitórios, as paredes ganharam quadrinhos com fotos.

Quarto de casal

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

O dormitório do casal segue um décor com cores neutras e claras, enquanto o quarto dos hóspedes ganhou uma cama feita com pallets e uma poltrona bastante confortável.

Quarto de hóspedes

 (Evelyn Müller/Lucia Manzano Arquitetura)

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.