Apê paulistano para curtir em família

O conforto do hygge inspirou este projeto, em SP, assinado pela arquiteta Deborah Roig

Mariana na sala de jantar decorada com mesa da Olho Interni, pendentes de cobre da Lumini e poltronas
assinadas por Jorge Zalszupin.

Mariana na sala de jantar decorada com mesa da Olho Interni, pendentes de cobre da Lumini e poltronas
assinadas por Jorge Zalszupin. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

Se para os dinamarqueses é o frio que pede interiores superaconchegantes, no caso da empresária paulista Mariana Bellissi o motivo está nos filhos.

Velas são essenciais no hygge. Estas, com redoma de vidro, são da Scandinavian Designs.

Velas são essenciais no hygge. Estas, com redoma de vidro, são da Scandinavian Designs. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

“Como eles ainda são pequenos, fica mais difícil fazer passeios, então encomendamos um projeto que pudesse ser curtido em família e onde fosse bacana receber visitas”, conta ela, que mora neste apartamento em São Paulo.

Lounge usado para receber os amigos.

Lounge usado para receber os amigos. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

Daí a aposta da arquiteta Deborah Roig num grande living, cheio de atrativos. “Antes havia uma varanda estreita e uma sala menor. Juntei tudo num ambiente único e bem generoso”, diz a profissional.

Cadeira da Artefacto e foto de Cristiano Xavier.

Cadeira da Artefacto e foto de Cristiano Xavier. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

Para aquecer, Deborah transformou o espaço numa espécie de caixa de madeira (carvalho-americano lavado). O recurso, aliás, é muito utilizado pelos escandinavos, que adoram lançar mão de elementos naturais quando o assunto é décor.

Jogo de chá da Olho Interni.

Jogo de chá da Olho Interni. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

Dentro dela, ficam as áreas de estar, TV e jantar, além de lounge para aperitivos, cantinho de leitura e mesa de jogos.

A sala de jogos tem luminária da Restoration Hardware, de Nova York.

A sala de jogos tem luminária da Restoration Hardware, de Nova York. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

Outra aposta na pegada hygge são os móveis em formatos orgânicos e o mix de texturas, no qual tecidos e peles garantem calor.

À frente do painel ripado, está a poltrona Nepal, da Baxter (Casual).

À frente do painel ripado, está a poltrona Nepal, da Baxter (Casual). (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

“Não temos vontade de sair daqui e nossos amigos se sentem em casa ao chegar”, fala Mariana.

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s