Microapê de 27 m² ganha decoração acolhedora em espaço compacto

Com ideias criativas e soluções acertadas, este apartamento pequeno conta com organização e estilo de sobra

 (Alessandro Guimarães/Tria Arquitetura)

Versatilidade é a palavra que norteia o projeto das arquitetas Marina Cardoso de Almeida e Sarah Bonanno, do Tria Arquitetura, que assinam este microapartamento na Vila Olímpia, em São Paulo. Com apenas 27 metros quadrados, o espaço tira aproveito de absolutamente cada cantinho, que privilegia a privacidade e a criatividade para driblar a metragem enxuta.

Microapê de 27 m² ganha decoração autêntica em espaço compacto

 (Alessandro Guimarães/Tria Arquitetura)

Microapê de 27 m² ganha decoração autêntica em espaço compacto

 (Alessandro Guimarães/Tria Arquitetura)

A primeira solução encontrada pelas arquitetas foi optar por uma parede de tijolos de concreto vazados, que isola a área íntima e determina a distribuição dos demais espaços. Com essa estrutura, a luminosidade, que entra no apartamento por uma única janela na cozinha, não se dissipa.

Microapê de 27 m² ganha decoração autêntica em espaço compacto

 (Alessandro Guimarães/Tria Arquitetura)

O banheiro, localizado atrás do quarto que até então tinha apenas um vidro como divisória, também foi escondido por uma persiana que permite privacidade e entrada de iluminação natural.

Microapê de 27 m² ganha decoração autêntica em espaço compacto

 (Alessandro Guimarães/Tria Arquitetura)

Para otimizar o espaço, as arquitetas pensaram em criar um único móvel conector dos ambientes, como a base de madeira freijó que abriga, ao mesmo tempo, a cama e o sofá, até chegar à cozinha e tem dupla função de assento e gaveta, aproveitando ao máximo cada centímetro do microapartamento. O material escolhido foi uma fórmica de madeira freijó que harmoniza com os outros revestimentos. “Em espaços pequenos, isso é fundamental para não aumentar ainda mais a sensação de confinamento, explica a arquiteta.

 (Alessandro Guimarães/Tria Arquitetura)

A área que funciona como cozinha, sala de jantar e lavanderia foi ampliada com a integração da varanda, que ocupava cerca de 7 m² do apartamento. Para estes espaços, as arquitetas apostaram em tons crus, que conferem ao morador flexibilidade para complementar o espaço como quiser. E, claro, o mobiliário sob medida que aumenta a funcionalidade do projeto. 

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s