Passado e presente se encontram na decoração deste apê em Ipanema

Assinado pelo arquiteto Francisco Viana, este apartamento de 240 m² reúne desde um apotecário do século XIX a peças de design criadas por Jader Almeida

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

A mistura de peças antigas e atuais é capaz de promover uma verdadeira viagem no tempo. Resgatar objetos do passado na decoração não só traz mais personalidade aos espaços contemporâneos, como também cria um universo particular dentro de casa. Tema da edição de setembro de CASA CLAUDIA, que está nas bancas, o mix de gerações também marca presença neste apartamento assinado pelo arquiteto Francisco Viana.

Sofás Bristol da Poliform, pela Casual Móveis, mesa de fazenda brasileira do século XIX, do antiquário Marcelo Águila, e mesa de centro Dinn em metal laqueado de branco assinada por Jader Almeida (Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

A moradora, apaixonada por peças de antiquário, desejava reunir seus móveis favoritos no apê de um prédio residencial construído em Ipanema no início dos anos 60. A planta original previa três quartos, áreas sociais isoladas, cozinha e área de serviço, um projeto desconectado dos tempos atuais. Para atualizá-lo, o arquiteto deixou a sala de estar e jantar integradas, originando um amplo e aconchegante living. Já a área de serviço virou uma continuação da cozinha, que dobrou de espaço após a reforma.

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

A decoração segue um estilo contemporâneo e clássico ao mesmo tempo. Todo o mobiliário, acessórios e obras de arte foram selecionados e adquiridos especificamente para o projeto. Os portais emoldurados em madeira natural ajudam na interligação dos ambientes e criam uma sensação de unidade. O piso escolhido para as áreas sociais foi um mármore Travertino Navona com acabamento bruto.

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

Para garantir o clima de casa, vários lustres e arandelas foram dispostos nos ambientes, sendo a maior parte deles vinda de antiquários do Rio de Janeiro e de São Paulo. A presença de mobiliário e elementos em madeira influenciou na paleta clara, com estofados e cortinas em linho de diferentes gramaturas em tons de marfim. Há uma intensa presença de tons dourados, alaranjados e castanho, seja no grande tapete antigo “Oushak” e também no tecido de almofadas e acessórios decorativos.

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

Um dos pedidos da moradora era uma ampla e acolhedora sala de jantar fosse integrada ao living. O cômodo recebeu uma mesa grande com 12 lugares e um lustre de porcelana da Lladrò, importado da Espanha. Os assentos em linho caramelo são da Covering. Em destaque no ambiente, um inesperado apotecário do século XIX ressurge como cristaleira com a pátina original.

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

A suíte master incorpora toda a atmosfera feminina e romântica na decoração. A cabeceira de cama foi montada com um antigo portal de templo da Indonésia, adquirida pela moradora muito tempo antes das obras começarem. Por ser visualmente intrincado, uma estampa delicada reveste a parede de fundo para fazer o contraponto.

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

(Juliano Colodeti/MCA Estúdio)

 

(Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s