Tons pastel colorem este apê de 320 m² em SP

Tons pastel pincelam a decoração deste apartamento paulistano e desenham ambientes de visual delicado, que acolhem toda a família

Poltrona Slow, da Vitra (Micasa), bar de Bianca Barbato (Allez) e luminária da Suíte Arquitetos. Cerâmicas do Acervo Brutto, tapete da Botteh e parede forrada de tecido da Donatelli. O quadro faz parte do acervo da moradora.

Poltrona Slow, da Vitra (Micasa), bar de Bianca Barbato (Allez) e luminária da Suíte Arquitetos. Cerâmicas do Acervo Brutto, tapete da Botteh e parede forrada de tecido da Donatelli. O quadro faz parte do acervo da moradora. (Gui Morelli/Revista CASA CLAUDIA)

Um casal paulistano precisava de mais espaço em casa, pois desejava aumentar a família. Este apartamento,de 320 metros quadrados, parecia ideal, a não ser pela planta, totalmente compartimentada. Diante desse quadro, os dois pediram a Carolina Mauro, Daniela Frugiuele e Filipe Troncon, do escritório Suíte Arquitetos, um projeto que integrasse os ambientes de estar e deixasse a circulação fluida.

Sofá Sky (Dpot) e mesa de centro Inter, desenho da Suíte Arquitetos. Poltronas Adriana (Etel), de Jorge Zalszupin, e mesa lateral Mini Recortes (Olho Interni). O banco de madeira e palhinha é herança de família.

Sofá Sky (Dpot) e mesa de centro Inter, desenho da Suíte Arquitetos. Poltronas Adriana (Etel), de Jorge Zalszupin, e mesa lateral Mini Recortes (Olho Interni). O banco de madeira e palhinha é herança de família. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

“Agora, todos os espaços se relacionam, mas criamos alguma privacidade entre eles”, explica Daniela. Portas de correr integram ou separam copa, sala de jantar, home theater e living – assim eles se adaptam à dinâmica do casal, hoje com dois filhos pequenos.

À esquerda, carrinho de chá Teca, de Jader Almeida (Bel Colore Interiores) e banco Twist (Suíte Arquitetos). À direita, luminária de piso da Loja Teo.

À esquerda, carrinho de chá Teca, de Jader Almeida (Bel Colore Interiores) e banco Twist (Suíte Arquitetos). À direita, luminária de piso da Loja Teo. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

Na decoração, o marido resolveu não opinar e deixou que a mulher escolhesse todos os detalhes com os arquitetos. “Ela trouxe a proposta de uma paleta delicada, composta de tons pastel, e o resultado são espaços com uma atmosfera tranquila e aconchegante”, conta Daniela.

Na parede, mármore da Michelangelo Mármores. Armários produzidos pela Movelaria Paulista e torneira da loja Galo.

Na parede, mármore da Michelangelo Mármores. Armários produzidos pela Movelaria Paulista e torneira da loja Galo. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

O rosa-queimado é uma das cores que podem ser vistas em vários cantos do apartamento, como na sala de TV, onde inspirou a escolha da poltrona Slow, de Ronan e Erwan Bouroullec. No mobiliário, algumas peças de família, com desenho retrô, possibilitaram combinações interessantes. “Eles já possuíam um bom acervo de obras de arte e móveis e, com base nele, mesclamos os itens a outros de linhas contemporâneas. Além disso, garimpamos mais alguns em antiquários”, diz a arquiteta.

Na copa, mesa de jantar desenhada pelo escritório, cadeiras Omar (Dpot) e pendente do Acervo Brutto. Almofadas da Le Lis Blanc.

Na copa, mesa de jantar desenhada pelo escritório, cadeiras Omar (Dpot) e pendente do Acervo Brutto. Almofadas da Le Lis Blanc. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

O marido, que adora cozinhar, fez questão de ter um pequeno canto gourmet, perto da copa. Ali, o espaço, com armários verdes e parede revestida de mármore branco paraná, é reservado para bons momentos, como o café da manhã demorado dos fins de semana e um jantar gostoso com os amigos.

O revestimento de carvalho natural (Parket) cobre piso, parede e teto na sala de jantar. Sobre a mesa Voo, da Ovo, cerâmicas da Olho Interni.

O revestimento de carvalho natural (Parket) cobre piso, parede e teto na sala de jantar. Sobre a mesa Voo, da Ovo, cerâmicas da Olho Interni. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

Na área dos quartos, os arquitetos criaram uma sala de brinquedos para as crianças, ao lado da suíte que os dois meninos compartilham e do quarto planejado para o futuro bebê. Pensada para garantir conforto máximo ao casal, a suíte principal ganhou dois closets e dois banheiros, decorados com o estilo de cada um.

Parede revestida de tecido da Entreposto (execução da Tapeçaria Moderna, que também fez a cabeceira). Criado-mudo da Vermeil e luminária da La Lampe.

Parede revestida de tecido da Entreposto (execução da Tapeçaria Moderna, que também fez a cabeceira). Criado-mudo da Vermeil e luminária da La Lampe. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

O ponto em comum são os charmosos acabamentos de pegada retrô, como pastilhas e azulejos. “Nosso trabalho tem um caráter contemporâneo, porém incorpora releituras de elementos antiguinhos”, explica Daniela.

Banheira da Doka (Interbagno), piso de pastilhas (Mazza Cerâmicas) e azulejos da Portobello.

Banheira da Doka (Interbagno), piso de pastilhas (Mazza Cerâmicas) e azulejos da Portobello. (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

VEJA TAMBÉM: Mistura entre novo e antigo

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s